Joana Albuquerque defende vegans e arrasa Quintino Aires após declarações polémicas

Joana Albuquerque não concordou com as afirmações polémicas de Quintino Aires em relação ao vegans e às pessoas que usam amuletos e/cristais, referentes aos concorrentes de “O Amor Acontece”

19 Ago 2021 | 16:00
-A +A

Joana Albuquerque saiu em defesa da comunidade vegan após Quintino Aires afirmar que são “gente insegura”, bem como, ter criticado as pessoas que usam amuletos e/cristais ao comentar imagens dos concorrentes Paulo e Diogo no último “Diário” de “O Amor Acontece”, da TVI.

Através dos InstaStories, ferramenta do Instagram, a vencedora do “Big Brother – Duplo Impacto” e atual comentadora do reality show da estação de Queluz de Baixo foi implacável ao expressar a sua opinião. “Só venho aqui reforçar mais uma vez que as pessoas que usam cristais, amuletos e são vegan não são anormais. Eu posso ser insegura, mas eu não sou insegura porque sou vegan, sou insegura porque sou insegura”, retorquiu.

Joana Albuquerque atirou ainda mais farpas e falou sobre a sua insegurança: “Sou insegura sendo ou não vegan e eu já fui. Eu já usei amuletos e já fiz yoga e etc. e continuo insegura. Portanto tenho a certeza que a explicação da minha insegurança tem a ver com a minha personalidade e não com o facto de eu me alimentar de uma certa forma ou de ter um amuleto”.

Veja aqui os comentários de Joana Albuquerque sobre as declarações polémicas de Quintino Aires:

Quintino arrasa vegans

Quintino Aires volta a estar no centro da polémica depois de comentários feitos sobre vegans no Diário de “O Amor Acontece”. O psicólogo estava a comentar imagens dos concorrentes Paulo e Diogo, quando criticou o jovem de Guimarães.

“O Diogo não tem nível para o Paulo. Não tem a mínima capacidade para acompanhar o Paulo“, começou por dizer. “O atrapalhadinho do Diogo, é preciso virar a imagem da Nossa Senhora que está ali. Pertence a um grupo de pessoas que hoje há muito que mostram sinais de uma insegurança enorme: os vegan são tudo gente que tem tanta insegurança que precisa destes artefactos culturais externos para se tranquilizarem porque não têm segurança“, acrescentou.

Quintino vai mais longe e sugere a Diogo um “programa de desenvolvimento pessoal” com urgência, no caso de querer “amar alguém”. O comentador da TVI continuou a criticar a comunidade vegan, classificando-a de “pessoas inseguras”. Vegan, ou veganismo, consiste na exclusão do uso de produtos de origem animal, procurando excluir, na medida do possível e praticável, o uso de qualquer produto de origem animal, seja na alimentação ou no vestuário.

“As minhas palavras não são da responsabilidade da TVI e, em 24 anos, nunca foi um advogado da TVI a defender-me, são os meus advogados que vão. Portanto estou a afirmar isso, as pessoas vegan, por aí fora, são de uma insegurança brutal, porque senão eram pessoas normais e comiam comida normal como os seres humanos”, refere.

Texto: Carolina Sousa e Inês Borges; Fotos: Redes Sociais  

PUB