Joana Diniz apoia Sónia Jesus após condenação de Vitó

Joana Diniz já reagiu à condenação de Vítor Soares, noivo de Sónia Jesus, e assumiu estar presente para apoiar a amiga, de quem esteve ao lado no Tribunal.

25 Ago 2023 | 22:30
-A +A

Joana Diniz conheceu Sónia Jesus quando ambas participaram no Big Brother e, desde então, não deixaram de ser amigas. Com a condenação do noivo de Sónia, Vítor Soares, Joana reagiu, mostrando estar presente para apoiar a amiga. As ex-concorrentes do Big Brother estiveram juntas no Tribunal de Bragança, para ouvir a decisão dos juízes. Vitó ficará em prisão domiciliária por três anos, devido a tráfico de droga.

Leia também: Ex-concorrente declara-se ao enteado: “Amo-te como amo a tua irmã”

“Eu amo bué a minha amiga”

Joana Diniz já reagiu à decisão tomada pelos juízes do Tribunal. Foi através das redes sociais que fez a sua partilha: “Gente, Deus não nos dá fardo nenhum que a gente não consiga suportar. Dêem sempre amor, aos vossos, aos outros, porque acho que quando somos feitos de amor, as coisas tornam-se leves e, às vezes, uma palavra no dia-a-dia da pessoa faz toda a diferença e é isso.” A ex-concorrente do Big Brother mostrou-se feliz ao pé do namorado, Flávio Miguel: “Vimos felizes, acima de tudo. Vocês sabem que eu amo bué a minha amiga, bué bué bué, esteja ela onde ela estiver, ela sabe que eu, neste dia, iria estar sempre com ela porque, de outra forma, não fazia parte de mim.”

Sónia Jesus: Vitó condenado a 3 anos de prisão efetiva por tráfico de droga

Acaba de ser dada a conhecer a sentença do caso que envolve Vítor Soares, que os portugueses ficaram a conhecer como Vitó, por ser o namorado de Sónia Jesus, concorrente do Big Brother. Acusado de tráfico de droga, no âmbito da operação Semente em Pó, Vitó acaba de ser condenado a uma pena de três anos de prisão efetiva. Pena poderá ser cumprida em prisão domiciliária. Tudo indica que será no decorrer da próxima semana que Vitó irá para casa. Isto depois de estarem reunidas todas as condições para que Vítor Soares cumpra o resto da pena (será descontado o tempo já passado na prisão) na sua habitação. Vitó terá de submeter-se regularmente a exames que atestem que não está a consumir droga. Amílcar Teixeira, pai de Edmar e outro dos arguidos do processo, foi condenado a pena suspensa.

Veja ainda: Cláudio Ramos defende Sónia Jesus e é contestado em direto

Fotos: Reprodução Instagram
PUB