Joana Latino critica MAMAS de Júlia Palha… e a atriz RESPONDE À ALTURA!

Joana Latino comparou silhueta de Júlia Palha a uma «prateleira». A atriz respondeu à comentadora de Passadeira Vermelha e disse sentir «vergonha alheia» pelos comentários.

21 Nov 2018 | 17:02
-A +A

Joana Latino, comentadora do programa Passadeira Vermelha, comparou as mamas de Júlia Palha a uma «prateleira» e não ficou sem resposta. Tudo começou quando, no programa da SIC, se analisavam- os looks da gala GQ Men of The Year Awards, que aconteceu no passado sábado, 17 de novembro.

Quando surge a imagem da atriz e apresentadora do programa da TVI, Selfie, Joana Latino profere o seguinte discurso.

«Olha, Júlia Palha, tenho de falar contigo, amor. Porque Deus nosso Senhor também me distribuiu aqui um airbag de série, que cresceu mais a partir dos 14 anos, copa GG e tal… esse vestido é a pior coisa… eu também adoraria por-me nesse vestido, mas iam chegar primeiro as maminhas e depois eu», diz a jornalista da estação de Carnaxide.

Joana Latino continua, fazendo a comparação entre as mamas de Júlia Palha e um móvel. «A gente viu as maminhas e não viu mais nada. É que depois faz um brilho estranho em cima da ‘prateleira’, que uma pessoa fica com vontade de ir aí pousar as chaves, o telemóvel, a garrafa de cerveja, de tudo e mais alguma coisa. Eu percebo, amor. São lindas as tuas maminhas mas não se vê mais nada! ‘Tá ótima mas só se vê maminhas», conclui.

Veja o vídeo aqui

 

Nas redes sociais, Júlia Palha respondeu… sem mencionar o nome de Joana Latino. Num longo discurso, a atriz de 20 anos começa por dizer que o que ouviu a fazer sentir «vergonha alheia».

«Que triste, em pleno 2018, um comentário destes ser tecido por uma mulher. Principalmente alguém que diz ter bastante peito. Sabemos todas, Mulheres, como é difícil hoje em dia sentirmo-nos bem com o nosso corpo (…) Há sempre algo que não está bem. E vai sempre haver. Porque não é suposto sermos perfeitas. Ser perfeito é horroroso!», escreve Júlia Palha.

 

Veja mais: Criticada por ter o peito grande, Júlia Palha brinca com a situação

 

A atriz continua, lamentando a tentativa de ‘body shaming’. «Que mundo é este em que sou acusada de não poder usar um vestido porque tenho ‘demasiado peito’? Em que uma mulher fala do corpo de outra de forma sexista, referindo-se ao meu peito como uma ‘prateleira’ onde tem vontade de pousar as chaves e a cerveja? Estamos a trabalhar para quê? Para uma igualdade de género? Para uma maior aceitação? Ou para uma cena dos Malucos do Riso patrocinada pelo IKEA?», escreve ainda Júlia.

 

Atriz diz que tinha complexos por causa das mamas

 

Júlia Palha cita também Cláudio Ramos, que questionou se as suas mamas seriam implantes. «Esclarecendo-o, é meu, é natural, e estou muito contente com ele. Mas posso até confessar-vos que, em tempos, graças a comentários leigos como os que foram feitos neste programa, já tive vontade de recorrer a uma redução (…) Hoje em dia vivo confiante, e muito, com o meu corpo. Mas há quem não o seja assim tanto», revela a atriz.

A jovem diz ainda que se sentiu «bonita e confiante» no vestido que usou e remata. «E que não gosta vá pousar as chaves e a bejeca a outro lado»

Rita Pereira apoia Júlia Palha.«Bravo! Bravo! Bravo!»

 

Além de centenas de comentários de apoio de fãs anónimos, Júlia Palha contou com o apoio de amigos famosos e colegas de profissão. Rita Pereira, com quem a atriz contracenou em A Herdeira, fez questão de mencionar o nome de Joana Latino

«Bravo, bravo, bravo! E, caso finjas que não percebeste, este texto é para ti, Joana Latino! Sim, porque se a minha “filha” é um amor de pessoa e não quer dizer o teu nome, eu digo!!! Porque já chega de dizeres tudo o que te vem à cabeça, sem pensares que podes, não só, estar a magoar a pessoa em questão, mas as centenas de miúdas que têm o corpo igual ao da Júlia (linda de viver, por sinal). Diz mal de mim, eu aguento muito bem».

Rui Maria Pêgo, Jessica Athayde e Maya Booth também manifestaram o seu apoio.

 

Texto: Redação WIN – Conteúdos Digitais | Fotos: Arquivo Impala e redes sociais

PUB