Joana pede desculpa a duas concorrentes da casa e assume: “Fui uma cabra!”

A jovem de Cascais conversou com Andreia e Sofia e “abriu o coração” sobre tudo o que se tem passado no jogo. Será que o pedido de desculpas foi aceite?

29 Out 2020 | 16:00
-A +A

Joana é uma das concorrentes mais polémicas no Big Brother – A Revolução, da TVI. Tem estado no centro das discussões da casa e é uma das peças fundamentais para mexer o jogo.

Depois de uma semana agitada, a líder da semana tem passado “as passas do Algarve” com o mau ambiente que causou na casa da Ericeira. Posto isto, a jovem de Cascais decidiu tomar uma decisão: pedir desculpa a Andreia e Sofia. “Quero que me digam o que é que eu fiz de mal para que vos possa pedir desculpa e evoluirmos nesta situação”, começou por dizer Joana.

Sofia interrompeu-a e foi perentória: “Para mim nem precisas de pedir desculpa, porque essa tua atitude já é tudo o que eu queria”.

“Essa tua atitude desmotiva-me a dizer coisas más, porque não tenho coisas más a dizer a uma pessoa que diz isso”, continuou Andreia.

Fui injusta com toda a gente

 

Nessa altura, a jovem de Cascais fala para Sofia. “Admito! Fui egoísta, fui injusta contigo, fui injusta com toda a gente. Não sei por que é que o fiz, naquela altura não sei o que me estava a passar pela cabeça. Acho que também foi um bocadinho pela minha confusão com a Andreia, porque eu não estava bem, não estava a pensar bem, é verdade. Quero-te pedir desculpa por isso”, disse.

«Sou adulta o suficiente para vos vir pedir agora desculpa, porque acho que foi completamente irracional da minha parte. Juro que eu não sei o que é que se passou. E é verdade, fui injusta, fui egoísta. Às vezes eu sou assim e não sei porquê”, acrescenta.

No que diz respeito a Andreia, Joana vai mais longe: “Desculpa por tudo o que fiz e disse sobre ti, por ter duvidado das tuas intenções. Por ter sido uma cabra, porque não tenho outro nome. Devia ter agido de outra maneira e não agi. E também me senti magoada quando disseste que não sentias o apoio de ninguém (…) Senti naquele momento que tu me acusaste de não te apoiar. Quero-te pedir desculpa por tudo o que te possa ter magoado. Não digo que não era a minha intenção, porque também não pensei qual era a minha intenção e eu devia ter tido dois dedos de testa antes de fazer metade do que fiz na semana passada, porque fui uma pessoas horrível e percebo que tenha sido isso e tu não mereces nada disso, porque és uma pessoa incrível, a melhor dançarina que conheço e a melhor professora que eu conheço”, disse.

A jovem foi perdoada e salientou: “Fico feliz por me darem uma segunda oportunidade”.

Texto: Andreia Costinha de Miranda; Fotos: Divulgação TVI
Leia também:
“Big Brother”: “A Joana é mimada, intriguista e com a mania da superioridade”

PUB
Top