João Baião não consegue ficar calado e responde à letra… por causa de Cristina Ferreira

João Baião respondeu a comentários em que comparavam a “Casa Feliz” ao “Programa da Cristina”. Saiba o que disse o apresentador.

14 Abr 2021 | 11:10
-A +A

João Baião não conseguiu permanecer calado quando viu a página oficial da “Casa Feliz” no Instagram, programa onde é apresentador ao lado de Diana Chaves desde que Cristina Ferreira saiu da SIC, ser alvo de críticas por parte de um seguidor. O apresentador defendeu com ‘unhas e dentes’ sua personagem Dona Odete.

“Quem é que já tinha saudades da Dona Odete?”, lê-se no post publicado nesta sexta-feira, dia 8 de abril, nas redes sociais. Entre vários comentários, houve um internauta que criou polémica com a sua resposta: “Não mudaram nada, continuam com as ideias da Cristina. Assim é fácil ganhar as audiências. Até a casa planeada por ela, prevaleceu. Daniel Oliveira, agradece o teu sucesso à Cristina. Sem ela, não eras nada.” 

A “Casa Feliz” ao ser comparada com o antigo “Programa de Cristina” levou o rosto da estação de Paço de Arcos a vestir a camisola para proteteger o formato que entretém os telespetadores durante as manhãs da SIC. João Baião não tardou e respondeu ‘à letra’: “Olhe que está mal informada, minha senhora, por acaso a D. Odete é uma criação minha. Obrigado.”

É de assinalar que a personagem Dona Odete surgiu no antigo programa de Cristina Ferreira, quando a apresentadora ainda estava no canal três. O colega que forma dupla com Diana Chaves no matutino da SIC apenas manteve a sua “criação” na “Casa Feliz.”

Já Cristina Ferreira convidou Eduardo Madeira para assumir um papel semelhante no “Cristina ComVida”. O humorista interpreta uma personagem diferente em cada emissão do formato de sonho da atual diretora de Entretimento e Ficção da TVI.

 Texto: Carolina Sousa Fotos: Redes Sociais 

Veja também:
Cristina Ferreira revela que contratou Rúben Pacheco Correia no Dubai
“O pai do nosso Quim Barreiros, acabou de partir”: João Baião dá notícia em direto

PUB
Top