João Póvoa Marinheiro: Do clube de fãs criado por Goucha ao título de “Ken das notícias”

João Póvoa Marinheiro é uma das caras da TVI24 e um dos jornalistas escolhidos para a apresentação das notícias. Apesar de até já lhe terem criado um clube de fãs, ele sabe muito bem o que quer.

14 Mar 2021 | 8:00
-A +A

João Póvoa Marinheiro já foi chamado de “Ken” e “bonitão das notícias”. Manuel Luís Goucha e Maria Cerqueira Gomes até lhe criaram um clube de fãs para lhe arranjarem uma namorada. Aos 27 anos, o jornalista da TVI lida bem com tudo isso, mas o que gosta mesmo é de ser reconhecido pelo seu trabalho.

Em entrevista exclusiva à TV 7 Dias, o também pivô da TVI24, que neste momento está a apresentar os blocos noticiosos da noite, revela que o último ano foi desafiante, “sobretudo porque estamos sempre dependentes de uma agenda mediática, e isto mudou a nossa rotina, porque passamos todos os dias a falar exatamente da mesma coisa [N.R.: COVID-19]. É desafiante e pesado. Sinto que 2020 foi desafiante para mim e para toda a gente”, analisa.

Esta mudança de rotina não o obrigou a crescer profissionalmente, mas enquanto jornalista sentiu que a pandemia lhe “trouxe de certa forma um sentido de serviço público acrescido e redobrado, no sentido em que passámos a ter um papel muito relevante para ajudar as pessoas a protegerem-se. Isso foi o mais decisivo que eu senti este ano, como profissional. Acho que isso foi o que me fez crescer mais”.

 

João Póvoa Marinheiro nega objetivo de chegar ao “Jornal das 8”

 

Após uma curta passagem pela TVI, e depois de ter estagiado no Departamento do Mar e das Pescas da União Europeia, em Bruxelas, João Póvoa Marinheiro regressou à TVI em 2015, onde realizou várias reportagens, fixando-se aos poucos no círculo da apresentação de notícias. “Continuo a gostar de fazer reportagem, agora trabalho também onde sou preciso e é na apresentação. Sinto-me confortável nos dois territórios”, explica.

As diversas direções de Informação que já conheceu foram-lhe confiando a cadeira de pivô em vários horários, de manhã à noite, mas ele nega que o objetivo de um pivô seja um dia sentar-se no “Jornal das 8”. Perante a pergunta nesse sentido, João Póvoa Marinheiro ri-se e conta que não vê as coisas assim, pois para ele todos os horários são importantes. “Sobretudo neste contexto, eu encaro tudo como um trabalho fundamental que temos de fazer, seja às nove, seis da tarde ou nove e meia da noite, e encaro sempre com o mesmo desafio e com a mesma relevância.”

Já quanto ao horário em que se sente mais confortável, João Póvoa Marinheiro não esconde a preferência. “Os horários são completamente distintos. A manhã são as primeiras notícias do dia, são mais hardnews, é um registo mais veloz. As notícias estão em construção. A tarde é a consolidação e depois a noite é uma espécie de recordar a agenda do dia e trabalhar os temas fundamentais. Eu sinto-me muito confortável no horário em que estou, porque corresponde a um formato que escava os assuntos dominantes e que obriga a trabalhar, um, dois três temas de uma forma mais extensa, mais aprofundada. Não é um jornal com uma série de notícias, é um jornal que vai focar mais as atenções em dois ou três temas. É bastante desafiante”, resume.

 

Jornalista da TVI tem podcast com colega Filipe Caetano

 

Fora do trabalho da TVI24, João Póvoa Marinheiro mantém o contacto com a informação no seu podcast, “Globalistas”, que fundou com o amigo e colega Filipe Caetano e que lhes valeu o prémio Podes, em 2020, na categoria de Melhor Conversa ou Debate. “A coisa tem corrido bastante bem. Há uma espécie de comunidade que se criou à volta daquilo”, explica.

De volta à TVI, o pivô de “Noite24”, lugar que partilha com Carla Moita, fala num canal que atravessa um processo de reformulação e para o qual a pandemia não ajuda. Mas, ainda assim, considera que o caminho que está a ser feito “tem bastante futuro para a TVI e a TVI24 e é um caminho que está também muito atento ao tempo em que estamos e à modernidade do tempo em que estamos. Se formos a ver, o jornal da TVI é hoje em dia um jornal muito mais interativo, com vários aspetos técnicos. O caminho passa muito por aqui, seja em sinal aberto ou no cabo”, alerta.

 

Manuel Luís Goucha montou-lhe clube de fãs

 

O programa matinal da TVI e da TVI24, “Esta Manhã”, junta atualmente entretenimento e informação. Mas ainda antes de nascer este formato no canal já o entretenimento gostava de fazer investidas regulares aos colegas da informação, de forma informal. João Póvoa Marinheiro foi vítima de uma delas, quando Manuel Luís Goucha e Maria Cerqueira Gomes, ainda colegas no “Você na TV!”, decidiram criar-lhe uma página de fãs para lhe arranjarem uma namorada. Como se não lhe bastasse, ainda foi apelidado de “bonitão das notícias” e “Ken”.

Longe de procurar este tipo de holofote na sua profissão, João Póvoa Marinheiro encaixa bem o atrevimento dos colegas de canal e mostra fair-play. “Lido bem com isso, faz parte do meio em que estamos, agora, gosto de ser conhecido pelo meu trabalho. Gosto que o meu trabalho fale por mim.” E isso não desfoca aquela que é a sua missão? “Eu estou apenas focado em fazer o meu trabalho e faço para que ele possa ser o meu parâmetro de avaliação”, acrescenta.

 

João Póvoa Marinheiro não confirma namoro com jornalista da SIC Notícias

 

E, apesar de ser um dos rostos mais reconhecidos da televisão, mantém regularmente o anonimato. “Consigo andar na rua tranquilo. Pontualmente, há situações dessas, de virem falar comigo, mas nunca senti essa coisa. Continuo a ser o João aqui em casa, com amigos. A minha vida continua igual e eu gosto”, diz.

Em julho de 2020, durante uma conversa com Rui Unas no podcast “Maluco Beleza”, João Póvoa Marinheiro falou da sua vida fora da televisão, do gosto pelo surf, e foi também alvo de uma partida dos amigos, que pediram a Unas para o questionar se tinha namorada.

Sem namorada na altura, Rui Unas questionou-o, então, se ter paciência para esperar por ele enquanto apanha ondas era um requisito, ao que Marinheiro respondeu que sim. Agora, à TV 7 Dias, o jornalista não confirma que namora com a colega da SIC Notícias, Nelma Serpa Pinto, mas quando lhe perguntamos se já tem alguém à espera quando sai do surf, ri-se e responde: “Tenho sim, tenho sim.”

 

Texto: Luís Correia (luis.correia@impala.pt); Fotos: Divulgação TVI

 

(artigo originalmente publicado na edição nº 1773 da TV 7 Dias)

PUB
Top