Mais dois jornalistas da CMTV que bateram com a porta

Canal televisivo do Correio da Manhã tem visto alguns dos seus profissionais «migrarem» para a concorrência e mais dois jornalistas da CMTV bateram com a porta.

04 Jun 2018 | 18:52
-A +A

O mercado televisivo pauta-se por alguma «troca» dos seus profissionais entre estações, quer no entretenimento, quer na informação. Agora, mais dois jornalistas da CMTV bateram com a porta.

No último mês, o canal do Correio da Manhã viu dois seus mais antigos jornalistas, que faziam parte da equipa inaugural, cessar contrato com a empresa Cofina Media. Trata-se de Cláudio Carvalho e de Bruno de Castro Ferreira.

LEIA MAIS: Irmãs de Cristiano Ronaldo ao ritmo de Esfrega, Esfrega [vídeos ‘picantes’]

O primeiro era presença habitual na apresentação dos principais blocos noticiosos da estação, tendo, por diversas vezes, substituído Andreia Vale no CM Jornal do Meio Dia e José Carlos Castro no CM Jornal das Oito.

O seu futuro profissional passará agora por um projeto fora do espectáculo mediático informativo.

Já o segundo trocou a CMTV pela SIC. Bruno de Castro Ferreira, até então subeditor de política do CM, será mais um reforço de Carnaxide enquanto repórter.

O jornalista ganhou fama dentro do universo de espectadores da estação de Octávio Ribeiro, quando, no ano passado, fez reportagem em direto a peregrinação de Lisboa até ao Santuário de Fátima.

Colegas da redação fizeram questão de se despedirem dos jornalistas da CMTV que saíram em busca de evolução na carreira

Nas plataformas sociais, alguns dos colegas fizeram questão de se despedir deste colega, deixando-lhe mensagens em forma de homenagem.

«O bebé Bruno vai abandonar-nos» ou «Até já, pequeno pónei» são algumas partes dos textos dedicados ao jornalista.

LEIA MAIS: Casa dos Segredos Reencontro – conheça a nova namorada de Diogo Marcelino

Dos mais ou menos conhecidos, desde que começou a emitir, a CMTV tem deixado escapar alguns dos seus principais rostos.

O mais mediático foi mesmo Nuno Graciano, envolvido numa enorme polémica, mas não foi o único. Aliás, «por ter convidado» o ‘Tio careca’ «para o lançamento do seu livro», há cerca de um mês, Francisco Penim «foi suspenso», revela-nos fonte da redação do Correio da Manhã.

«O Octávio estava já a caminho do lançamento do livro quando foi avisado de que o Nuno [Graciano] estava láe deu meia-volta», revelou-nos a mesma fonte. Os factos foram, entretanto, desmentidos tanto por Penim como por Octávio Ribeiro, director-geral.

LEIA MAIS: Foto de Laura Figueiredo a amamentar caiu na Internet

A apresentadora Ana Lúcia Matos, assim como os pivôs Marcos Pinto, Miguel Fernandes e Carolina Matos Resendes e o repórter André Carvalho foram para a TVI.

Já a SIC, para além de Bruno, já conseguiu tirar à Correio da Manhã TV a pivô Sara Tainha e a jornalista Teresa Camarão.

A RTP conta na sua redação com duas profissionais vindas de Benfica, Mariana Flor e Joana Machado.

LEIA MAIS: Amiga de Eva Longoria espancada por ator de Titanic

PUB
Top