José Carlos Malato lança farpas ao “Big Brother”: “Abutres só se alimentam de cadáveres”

José Carlos Malato usou as redes sociais para apontar o dedo à suposta “verdadeira representação gay e trans da comunidade LGBTQI+” no “Big Brother”. “Pois eu duvido muito”, disse o apresentador.

14 Set 2021 | 18:02
-A +A

José Carlos Malato expressou a sua opinião sobre a estreia da nova edição do “Big Brother”. O reality show da TVI é agora conduzido por Cláudio Ramos e Manuel Luís Goucha e a escolha dos 20 concorrentes tem dado que falar pela sua diversidade e representação de diversas causas na sociedade, como a homossexualidade e a transexualidade.

Através das redes sociais, o apresentador da RTP deixou, esta segunda-feria, 13 de setembro, uma mensagem polémica. “Dizem que este ‘Big Brother’ tem uma verdadeira representação gay e trans da comunidade LGBTQI+, tal como acontece na sociedade em geral. Dos concorrentes aos apresentadores”, pode ler-se na publicação feita por José Carlos Malato, nos InstaStories, ferramenta do Instagram.

 

José Carlos Malato: “Vamos esperar pelo final”

 

Sem papas na língua, o apresentador atirou: “Pois eu duvido muito. Para não me enganar nas contas, vamos esperar pelo final. Os abutres só se alimentam de cadáveres”.

O novo “Big Brother” conta com a participação de um concorrente transexual, Lourenço Barcelos, bem como de dois participantes homossexuais: António Bravo e Bruno Almeida. Os apresentadores do reality show da TVI também já tornaram pública a sua orientação sexual há vários anos, assim como José Carlos Malato.

 

Texto: Carolina Sousa; Fotos: Arquivo Impala e reprodução redes sociais

PUB
Top