Jovem alemã acredita ser Madeleine McCann e pede teste de ADN

Julia Faustyna acredita ser Madeleine McCann, a criança desaparecida em Portugal em 2007, na Praia da Luz. A jovem alemã pede para fazer um teste de ADN e pretende falar com os pais de “Maddie”.

18 Fev 2023 | 11:02
-A +A

Uma jovem alemã de 21 anos está a movimentar a Internet após afirmar ser Madeleine McCann, a criança que desapareceu em Portugal em 2007, na Praia da Luz. Na conta de Instagram criada por Julia Faustyna, a jovem compartilhou várias montagens que a fizeram considerar esta possibilidade e pedir um teste de ADN.

Através da mesma conta nesta rede social, com o nome “I am Madeleine McCann” (Eu sou a Madeleine McCann), Julia explicou que começou a ponderar esta possibilidade após ouvir um comentário da avó, que a comparou com a criança.

“Foi algo que ouvi da minha avó e fez sentido”, disse, num vídeo publicado, tendo ainda pedido ajuda para entrar em contacto com Kate e Gerry McCann, os pais da criança desaparecida.

A adolescente garante ainda que as autoridades policiais do Reino Unido e da Polónia têm ignorado os seus esforços para comprovar que poderá ser a criança desaparecida, pedindo um teste de ADN para comprovar as suspeitas.

Jovem acredita sofrer de “Amnésia pós-traumática”

 

Noutras publicações, a jovem alemã ressalta as várias caraterísticas físicas que comprovam as semelhanças entre as duas, tais como: pintas no corpo, uma marca no olho, covinhas na bochecha e entre outras.

“Eu tenho um defeito no olho, no mesmo olho, o tipo de defeito que Madeleine tinha. Exceto que, no meu caso, está a ficar cada vez mais desbotado ao longo dos anos”.

Julia declara ainda que não se consegue lembrar de grande parte da infância devido a “amnésia pós-traumática”. Porém, a jovem alemã diz que tem lembranças de férias “num sítio quente com apartamentos brancos” onde viu “tartarugas bebés”.

Percorra a nossa galeria e veja algumas publicações da jovem que afirma ser Madeleine

Leia ainda: Jamie Dorman: Ex-“Big Brother” encontra protagonista de “50 Sombras de Grey” em Portugal

Texto: Luís Duarte Sousa; Fotos: Redes Sociais
PUB