Jovem morre durante ato sexual dentro de um carro

Jovem de 15 anos morre durante ato sexual por inalação de monóxido de carbono. O namorado sobreviveu, mas vai preso.

20 Jan 2018 | 12:31
-A +A

Alena, jovem russa de 15 anos, morreu durante um ato sexual por inalação de monóxido de carbono. O namorado sobreviveu, mas vai ter de enfrentar a Justiça, por ser maior de idade.

A jovem estudante conheceu Artyom quando estava de visita a familiares. O casal decidiu manter relações sexuais num carro estacionado numa garagem fechada.

LEIA MAIS: Veja a vagina de José Carlos Malato

Artyom resolveu ligar o carro para o poder aquecer e enfrentar as baixas temperaturas. A decisão viria a custar a vida de Alena e, por pouco, também a do namorado.

Quando o monóxido de carbono começou a afetá-los, segundo contou à polícia, Artyom tentou sair do carro para pedir socorro, pois a namorada de 15 anos já se encontrava inconsciente.

O rapaz acabou também por desmaiar. Quando recuperou os sentidos, dirigiu-se a casa dos familiares da estudante para pedir ajuda. Os paramédicos nada conseguiram fazer para salvar Alena, de acordo com o The Sun, que noticiou o caso.

LEIA MAIS: Homem morre a festejar aniversário e amigos filmam tudo

Artyom foi detido e incorre numa pena por abuso sexual de menores e homicídio por negligência. «Sabendo que a vítima era menor de 16 anos, o suspeito teve relações sexuais com ela e levou-a a cometer um ato perigoso», avança o porta-voz da polícia.

Artyom era já conhecido das autoridades por ter sido preso, várias vezes, por corridas ilegais de automóveis.

PUB
Top