Judite Sousa lança polémica: «Qual é o problema de sair de casa para caminhar?»

«Qual é o problema de sair de casa para caminhar, respirar ar puro sem que exista contacto social?», questionou Judite Sousa.

01 Abr 2020 | 9:56
-A +A

«Está a ser comunicada, do meu ponto de vista, uma mensagem muito negativa aos portugueses». Começava assim uma reflexão de Judite Sousa nas redes sociais. «Ao fim de três semanas de isolamento, pergunto: qual é o problema de sair de casa para caminhar, respirar ar puro sem que exista contacto social?», questionou a jornalista.

Na mensagem, entretanto eliminada, Judite assumia estar «a ser politicamente incorreta». «Basta ouvir alguns médicos para perceber que há situações que têm que ser comunicadas de outra forma», afirmava.

Já no seu blogue, a ex-pivô da TVI escreve que «seria importante que as autoridades sanitárias nos informassem sobre o modelo matemático que está na base das previsões». «Até há uma semana, o pico da epidemia era em meados de abril; agora será em finais de maio. Mais uma vez pergunto: que condições de saúde pública terão que estar reunidas para que seja retirada a quarentena?», escreve.

Judite prossegue: «Se for em finais de maio, terão que existir umas semanas para estabilizar a curva; ou seja, estaremos em julho. Nesta altura, o país estará exausto e as pessoas desalentadas emocionalmente. Daí até ao final do ano será um passo, sendo que subsiste a dúvida sobre se existirá uma segunda vaga pandémica no inverno. Não quero ser pessimista mas ou me engano muito ou o ano de 2020 já passou», termina.

Recorde-se que uma das recomendações da Direção-Geral de Saúde para fazer frente à propagação do novo coronavírus é que as pessoas fiquem em casa, em isolamento social.

Veja também:
Judite Sousa esteve em Itália em «retiro espiritual de pais em luto»
Mistério chega ao fim! Judite Sousa tem novo projeto depois de deixar a TVI

 

 

 

 

PUB
Top