EXCLUSIVO: Júlia Pinheiro «MAGOADA» com Teresa Guilherme

A chegada de Cristina Ferreira à SIC marcou um ponto de viragem na televisão portuguesa e Júlia Pinheiro aborda este e outros assuntos quentes, numa grande entrevista.

28 Jan 2019 | 13:15
-A +A

A apresentadora de Júlia, nas tardes da SIC, já passou por vários momentos em televisão. Uns de sucesso e outros de maior dificuldade. Por isso, aos 56 anos já não tem muitos filtros nem pudores sobre como enfrentar as crises e os sucessos da sua profissão.

Júlia Pinheiro pertence igualmente ao grupo de pessoas que está numa posição privilegiada para comentar o atual momento dos seus dois colegas e amigos, Cristina Ferreira e Manuel Luís Goucha.

Numa grande entrevista onde, entre outras coisas, se assume mal amada pela imprensa, a profissional da SIC revela o que está a mudar na televisão, conta como Cristina Ferreira chegou onde chegou, «mitificando-se» e ainda, o que se passa afinal com Goucha, estabelecendo a inevitável comparação ao que já lhe aconteceu, quando obteve resultados menos bons na sua carreira. «Eu nunca estive sozinha e ele não está sozinho. Tem a estação com ele e eu sempre tive a estação comigo. O Manuel é extraordinário, é extraordinário», diz.

Sobre a apresentadora da SIC elogia-a vezes sem conta e orgulha-se de ter estado na criação da marca em que ela se tornou. «Eu e a Gabriela Sobral, trabalhámos muito com o Manel e com a Cristina e criámos aquele conceito e aquela dupla, digamos assim. Mas depois o caminho é feito por ambos e da maneira que achou como é que devia ser feito. E fizeram muito bem», revela.

 

«Estamos muito melhor posicionados que a TVI»

 

Mas a conversa estende-se ainda à sua relação com Daniel Oliveira, o seu diretor de programas e a diretora de conteúdos da SIC Caras e SIC Mulher explica ainda porque é que o império da TVI abanou e ameaça desmoronar-se. «Estamos num outro momento daquilo que é o consumo de televisão e em função deste novo paradigma da forma como se consome televisão, nós estamos muito bem posicionados. E se calhar muito melhor posicionados que a TVI», conta.

Leia a entrevista completa na edição que está nas bancas onde nem Teresa Guilherme escapou a Júlia, que comenta as trocas de galhardetes que as duas protagonizaram a determinado momento das duas carreiras e pôs fim à amizade entre as duas. «Eu tenho um grande respeito profissional pela Teresa e sempre tive, mesmo quando ela me atacava. E por isso fiquei magoada, porque ela conhece-me muito bem e trabalhámos juntas vezes sem conta», é apenas uma das muitas considerações que faz sobre a apresentadora.

Não perca este grande exclusivo na nossa edição que está nas bancas.

 

Texto: Luís Correia e Vítor Crisóstomo; Fotos: João Portugal

PUB
Top