Júlio Isidro está livre da covid-19, mas manda boca a quem não o ajudou

Júlio Isidro está curado da covid-19 mas não se coibiu de lançar farpas a uma pessoa próxima. “Fica na minha lista apenas o nome de um porcino que não me escreveu uma linha de atenção”, escreveu.

02 Dez 2020 | 10:30
-A +A

Júlio Isidro está pode respirar de alívio. O apresentador está livre da covid-19, assim como toda a família. A notícia foi dada pelo próprio através das redes sociais, não deixando, porém, de criticar uma pessoa próxima que não lhe enviou uma mensagem durante o período em que esteve doente.

“Livres! Como na canção… somos livres de viver”, começou por escrever o apresentador da RTP. “Os Isidros tiveram alta do covid-19. Dos 18 da Francisca aos setenta e vários do tio Julião, o vírus atacou todos, sem dó, nem piedade. Passaram 11 dias e o monstro invisível foi ao tapete, esmurrado até ao K.O.”, escreveu.

Júlio Isidro contou ainda aos seguidores como soube da boa notícia. “A alta chegou ontem via contacto direto e e-mail, e o ar dentro desta casa ficou mais leve”, disse, agradecendo de forma especial aos profissionais de saúde que o acompanharam nesta fase difícil: “Uma ajuda feita de competência e enorme carinho da representante do delegado de saúde local, a enfermeira Hortência Gouveia, e da médica Dulce Costa que, não sendo a médica de família, é o anjo da guarda desta família”.

 

T-shirt oferecida por Arnold Schwarzenegger

Júlio Isidro publicou este texto na sua página de Facebook, acompanhado por uma fotografia, na qual veste uma t-shirt muito especial: “Agora, continuando com mil cuidados, Isidro ‘The Last Action Hero´vestiu a t-shirt oferecida em 1993 pelo Arnold Schwarzenegger (felizmente três números abaixo) para continuar a fazer da vida o melhor que a vida pode ter… Trabalho, fazer obra, sonho e amor salpicado de humor”.

“Como é possível que um tímido, algo timorato, consiga deixar os pesadelos na almofada e fazer-se à vida como se cada dia fosse o primeiro de uma história infindável? Para os milhares, muitos milhares que se preocuparam comigo e família, a promessa que o agradecimento virá sempre em forma de divertimento criativo e de bom gosto”, escreveu, lançado farpas a uma pessoa próxima, que, sem dizer o nome, não lhe enviou uma única mensagem durante o período em que esteve doente: “Fica na minha lista apenas o nome de um porcino que não me escreveu uma linha de atenção. Ainda bem, porque sem exceções não havia regras”.

No final, o apresentador conclui: “Obrigado a todos do último ‘Herói’ em ação”.

Texto: Patrícia Correia Branco; Fotos: Impala e Reprodução redes sociais

 

Leia ainda:
Júlio Isidro diz que contraiu COVID-19 na RTP. Contagiou a própria família! (EXCLUSIVO)
Júlio Isidro, infetado com covid-19, desabafa: “Não quero ocupar uma cama de hospital”

PUB
Top