Júlio Isidro homeageado em dia em que comemorou 60 anos de carreira

Júlio Isidro celebrou esta quinta-feira, 16 de janeiro, 60 anos de carreira e deixou uma mensagem: «Trabalha muito, não improvises, não te armes em caparau de corrida».

17 Jan 2020 | 22:30
-A +A

Brilho e emoção. Estes foram os dois ingredientes-chave da noite desta quinta-feira, dia 16 de janeiro. Júlio Isidro celebrou 60 anos de carreira numa festa repleta de família, amigos e colegas de profissão. Nem o primeiro-ministro, António Costa, faltou à comemoração.

«Ainda» ao Vivo e a Cores. Foi este o nome escolhido para o espetáculo que teve lugar no Casino Estoril. Nomes como José Cid, Vanessa Oliveira, Ruy de Carvalho, Manuel Luís Goucha, Tânia Ribas de Oliveira são apenas alguns dos nomes que marcaram presença nesta noite que aplaudiu toda a dedicação de Júlio Isidro à profissão.

Celebraram «o talento, o profissionalismo e a vontade de não se deixar ultrapassar», tal como diz Manuel Luís Goucha. Ao palco do Salão Preto & Prata subiram dezenas de artistas que, com músicas e discursos, homenagearam a lenda viva da televisão nacional.

«Trabalha muito, não improvises, não te armes em caparau de corrida», esta é a lição de vida que Júlio Isidro nos confessa ter aprendido com os 60 anos de carreira.

Júlio Isidro recebe Medalha de Mérito Cultural

Nesta noite inesquecível, o governo atribuiu a Medalha de Mérito Cultural ao locutor e apresentador de televisão. A entrega da medalha foi feita nos últimos minutos do espetáculo pelo primeiro-ministro.

«Júlio, muito obrigado por estes 60 anos e espero que daqui a dez anos continuemos aqui a homenagear o Júlio Isidro», disse António Costa no discurso.

Marcelo Rebelo de Sousa não pôde marcar presença no evento, mas fez questão de deixar um vídeo a aplaudir a longa carreira do apresentador. «Ele ficou intemporal e entrou intemporal na nossa vida», conclui o Presidente da República.

Texto: Mariana de Almeida; Fotos: Paula Alveno e Zito Colaço

PUB
Top