Há 38 anos, Júlio Isidro encheu um Mini com 27 pessoas. Agora, tentou bater o recorde

Na década de 1980, o passatempo Quantos cabem num Mini? teve uma dimensão estratosférica. Quase quatro décadas depois, Júlio Isidro foi convidado a voltar a uma iniciativa em que fora feliz.

18 Nov 2019 | 15:30
-A +A

Quinze de março de 1981. O «pátio da própria televisão», a RTP, a única que então existia, servia novamente de cenário para mais uma edição do passatempo Quantos cabem num Mini?. A rubrica estava inserida no mítico programa O Passeio dos Alegres, e batia, naquele dia, um recorde: para espanto de todos, 27 pessoas, devidamente encaixadas, couberam naquele veículo e nele estiveram fechados durante dez segundos.

A apresentar estava Júlio IsidroFigura histórica do operador público de media, o comunicador não mais se esqueceu daquele número… nem do impacto que aquela iniciativa veio a ter depois daquele recorde. «Foi uma coisa inventada por mim que teve, realmente, sucesso nacional e internacional. Todos os jornais publicaram notícias. Também nas televisões, pelo menos da Europa e algumas do mundo inteiro – como o Japão, por exemplo – passaram aquelas imagens», recorda o apresentador à TV 7 Dias. Até na Eurovisão a iniciativa ganhou tempo de antena.

Trinta e oito anos depois, o passatempo voltou a ganhar cor. Desta vez, foram os Jardins do Casino Estoril a servir de palco para uma edição isolada de Quantos cabem num Mini?. Júlio Isidro, claro, não podia ter faltado.

Eram cerca das 14 horas do dia 13 de outubro quando, numa iniciativa inserida no Concurso de Elegância do ACP, a propósito dos 60 anos da Mini, um grupo de pessoas tentou bater o recorde alcançado em 1981. Não conseguiu. «Desta vez, foram ‘só’ 19 pessoas. Os outros devem ter treinado imenso. Aquilo estava tudo planificado. Eles sabiam onde deviam encaixar-se dentro do carro», afiança Júlio Isidro.

 

Veja as imagens na galeria!

 

O entusiasmo, esse, assemelhava-se ao que se viveu no início da década de 1980. Júlio Isidro lembra-se de como surgiu a ideia. «Eu sabia que os estudantes de Oxford faziam a mesma coisa, primeiro em cabines telefónicas e depois, também, em Mini. Mas nada que se assemelhasse ao número de pessoas que entraram aqui…», adverte o apresentador de Inesquecível, programa da RTP Memória no qual, na emissão deste sábado, puderam ser vistas imagens do passatempo original.

Quantos cabem num Mini? durou «cerca de três meses». O ponto final foi dado, precisamente, a 15 de março de 1981. «Em todas as semanas, havia mais uma equipa que queria meter mais uma ou duas pessoas. Até que chegámos aos 27. Aí, achámos que estava na hora de terminar.»

 

VEJA TAMBÉM:
Dois mil litros de gasóleo! Instalações da RTP Porto em risco de incêndio e explosão
Neonazi na RTP: Fundação da McDonalds não analisa «vida das famílias»
Presidente e Diretora de Informação da RTP chamados ao Parlamento!

 

Texto: Dúlio Silva; Fotografias: Bernardo Lúcio e reprodução RTP

PUB
Top