Justin Bieber confessa que pensou em suicídio: “Queria matar-me. Eu estava a sofrer”

Justin Bieber fez algumas revelações sobre o passado no seu documentário “Seasons”, nomeadamente o desejo que teve de colocar fim à própria vida.

04 Nov 2020 | 8:10
-A +A

Justin Bieber foi obrigado a crescer muito rápido, uma vez que entrou no mundo artístico muito cedo e, por isso, chegou a ter que enfrentar momentos difíceis ao longo da sua carreira.

O artista anunciou a segunda parte do seu documentário “Seasons”, que ficou disponível no passado dia 30 de outubro, onde fala detalhadamente sobre a sua vida profissional e pessoal e revela que houve uma altura em que pensou em acabar com a própria vida.

“Quando eu tinha 15 anos, estava muito cercado. Tinha milhões de pessoas a observarem-me, mas ainda assim sentia-me sozinho. Sentia-me incompreendido e senti-me magoado. Não fazia ideia que esta vida me ia consumir e absorver. Havia imensas pessoas que eram más e que me diziam: ‘Tu não prestas. Pareces uma menina’. Eu mostrava que não me importava com esse tipo de coisas, mas a verdade é que me magoavam”, começa por afirmar na segunda parte do documentário.

“Acho que houve momentos em que eu realmente me queria matar. Eu pensava: ‘Esta dor algum dia vai passar?’ Era tão constante. Eu estava a sofrer e então pensei: “Prefiro não sentir nada disso, do que sentir’”, conta Bieber, mostranto ao extremo em que chegou.

No documentário, Justin Bieber revela ainda que a chegada da mulher Hailey à sua vida e a fé em Deus o ajudaram a seguir em frente e ser uma nova pessoa: “Estou mais realizado, sinto-me mais estável, mais seguro, mais confiante. Sinto-me em paz pela primeira vez na vida”.

O cantor quis ainda aproveitar o fato de já ter ultrapassado a situação para deixar uma mensagem a todos os que ainda lutam contra esta dor: “Se te sentes só, fala sobre isso. Diz bem alto o que sentes”.

 

O mundo das drogas e do álcool

No mesmo documentário, Justin Bieber recorda o início da carreira e fala sobre os tempos em que estava viciado em drogas e álcool.

“Houve uma altura em que eu estava sempre a beber e a consumir drogas e cogumelos, tudo…A minha experiência foi em frente às câmeras, então tive um nível diferente de exposição”, afirma.

Texto: Inês Marques Fernandes; Fotos: Instagram

 

 

PUB
Top