Laura Figueiredo ‘apanha’ filha com irmão bebé ao colo e é inundada de comentários

Laura Figueiredo deixou os fãs deliciados com imagens únicas dos dois filhos: Beatriz e Gabriel. Nas fotos, a cumplicidade de irmãos derreteu todos.

13 Nov 2023 | 8:52
-A +A

Laura Figueiredo não poderia sentir-se mais realizada aos 37 anos. A mulher de Mickael Carreira, que foi mãe pela segunda vez em julho, deliciou os fãs com imagens únicas dos dois filhos – Beatriz e Gabriel – num momento de grande cumplicidade e brincadeira. Nas fotos, a pequena “ninja”, como é carinhosamente tratada, de seis anos, surge com o mano ao colo.

Leia ainda: Comunicadora mostra filha a cantar para o irmão… de madrugada

“Aiii mamã Laura, que não se aguenta tanta fofura!  Mal posso esperar para ver a carinha do seu Gabi, que deve ser lindo como a mana”, “Crianças abençoadas. Tão fofinhos”, “Lindos manos”, “Amo amo amo”, “Que fofura”, “Tão bonitinhos”, “Que amores” e “Fofíssimos”, escreveram os fãs na página oficial de Instagram de Laura Figueiredo. Veja tudo na nossa galeria acima.

Laura Figueiredo completou 37 anos neste sábado

“36 foi um daqueles anos cheio de significado. No ano passado precisei ir até junto ao mar, sentir o cheiro, lembro-me de ter fechado os olhos e agradeci por tudo que a vida me tinha dado até ali. Perdi o meu pai com 18, aos 36 chegava o ano em que vivera tantos anos com ele, como sem ele. Perdi o meu irmão com 36 anos, com tanto por viver, e eu tinha chegado ali, que direito tinha eu de estar ali…
Tinha a minha Bea, com quem tanto tinha sonhado e apesar de já estar grávida do Gabriel ainda não sabia, mas dentro de mim junto do mar com o vento frio e o sol da manhã no rosto algo me fez sentir que tudo estava bem, que estava no caminho certo para ser feliz”, escreveu a influenciadora nas redes sociais.

E acrescentou: “o meu sonho desde cedo foi construir a minha família. Hoje, ao chegar aos 37 olho para eles e finalmente me sinto completa, de volta à casa que tanto mudou nos meus 18. Hoje somos 4 tal como éramos, apesar de ter mais dois irmãos, cresci a ser uma família de quatro e cresci tão feliz. Continuo a sonhar fazer mais e melhor pessoal e profissionalmente, continuo a menina que sonha ser feliz para sempre, como nos contos… Que a vida continue generosa e que o caminho continue a permitir-me apreciar o que tenho em vez do que perdi, as saudades fizeram-me amar mais a cada dia, não perder um bom dia, nem um amo-te, nem tantos pequenos nadas tão cheios de tudo. Obrigada vida, vamos a mais uma volta.”

Texto: Joana Dantas Rebelo
Fotos: redes sociais
PUB