LAVADA EM LÁGRIMAS, Cristina Ferreira desabafa: «Tenho saudades do futuro»

A separação está para breve e Cristina Ferreira já não consegue conter as lágrimas. A apresentadora explica: «Era inevitável que isto acontecesse».

30 Ago 2018 | 14:43
-A +A

Dias depois do anúncio da sua mudança para a SIC, a apresentadora publicou no Instagram um vídeo, no qual confessa a dificuldade que sentiu ao contar a novidade a Manuel Luís Goucha e Pedro Teixeira.

«Chorei quando vos contei aos dois. Esse foi o dia. O dia de vos contar foi o mais difícil de todos. Aí chorei», revela a apresentadora, ao ser questionada pelos seus companheiros de ecrã da TVI.

«Ainda não tendo existido uma separação… eu sempre disse isto: eu tenho saudades do futuro. Daquilo que não vou viver com o ‘Manel’».

Veja ainda: Depois de ter sido acusada de TRAIÇÃO, Cristina Ferreira DECLARA-SE a Goucha

 

Entre lágrimas, Cristina Ferreira abriu o coração e frisou que a separação era inevitável:

«Eu sabia que esta separação ia acontecer. Era inevitável. Nós temos muitos anos de diferença, estamos em períodos diferentes da vida profissional e eu sabia que isto ia acontecer», continuou a falar, realçando que não sabe como irá gerir as saudades.

«Nestes 40 anos, tudo aquilo que me aconteceu foi sempre porque alguma alguma coisa melhor para vir. E só pode estar».

A apresentadora refere ainda que precisava de uma mudança na sua vida e mesmo que a escolha não seja a mais acertada, foi foi escolha sua.

Espreite também: A caminho da SIC, Cristina Ferreira faz DESPEDIDAS!

 

 

«Eu precisava disto. Mesmo que seja a maior chapada da minha vida. Portanto, se isto for uma má escolha, eu tenho a certeza que foi uma escolha minha. Há um momento em que nós saímos da casa dos pais e há um momento em que nós precisamos de voar».

«Sabes que te amamos?», lê-se como última pergunta. «Eu também», respondeu.

Cristina Ferreira está, como oficializou a TVI esta quarta-feira, 22 de agosto, a negociar a rescisão com a estação onde trabalhou durante 16 anos. O contrato termina a 30 de novembro pelo que é expectável que comece a trabalhar em Carnaxide no início de 2019.

Fotografias: Arquivo Impala e Redes Sociais

PUB
Top