Leandro foi ASSALTADO. Saiba o que aconteceu!

Leandro viu a sua mota ser roubada da garagem onde estava guardada. O cantor deixou o alerta nas redes sociais.

04 Out 2018 | 11:01
-A +A

Leandro foi apanhado de surpresa esta quarta-feira, dia 3 de outubro. A mota do cantor desapareceu misteriosamente de uma garagem nos Olivais, em Lisboa.

Trata-se de uma Suziki Hayabusa branca com a matrícula 40 LM 79. O jovem utilizou as redes sociais para tentar recuperar a mota roubada.

Veja também: Com novo amor, Sury Cunha lança acusações a Leandro: «ele fala mal de mim ao nosso filho»

«Allô família. Roubaram me a moto na garagem, estava nos olivais.. Quem vir a moto mande sms: 40-LM-79. Façam o máximo de partilhas. Obrigado», escreveu Leandro no Instagram, lançando o apelo. 

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Allo família 😊 Roubaram me a moto na garagem, estava nos olivais.. Quem vir a moto mande sms 40-LM-79 Façam o máximo de partilhas !! Obrigado

Uma publicação partilhada por Leandro (@leandro.pt) a

Ao nosso site, o cantor contou que as autoridades já estão a tomar a conta do caso. «O roubo da moto aconteceu ontem [3 de outubro] pelas nove e meia da noite. Porque a moto tinha chegado na noite anterior, eram umas dez e meia da noite, chegou com o meu irmão da Benção dos Capacetes e ficou guardada. No dia a seguir, até era eu que a ia buscar e a mota já não estava lá. É estranho um condomínio daqueles não ter câmeras. Já está entregue à Polícia Judiciária e à PSP, já foram ao local. E não foi só a minha mota que foi roubada, também houve lá outra mota roubada», explica.

Revolta dos seguidores

Os fãs do cantor partilharam da angústia de Leandro e deixaram dezenas de mensagens de apoio.

«Espero que a encontres ou quem fez isso que tenha um pingo de vergonha na cara e te a devolvam» ou «Que cena! Como te roubam assim a mota da garagem. Fogo, que gente sem vida. Só querem o mal dos outros» são alguns dos comentários.

 

Leandro apanhou Sury com outro homem

Leandro foi o entrevistado de Daniel Oliveira, no Alta Definição, este sábado, dia 21 de julho. Numa das partes da entrevista, o cantor, de 33 anos, contou como viveu a chegada do filho e todos os problemas que seguiram esse momento.

«Tive de inventar um concerto e apareci de surpresa em casa. Na nossa casa. Vi com os meus próprios olhos. Ela não merecia [que a confrontasse] . Devia respeitar-se mais como mulher e como mãe», explicou.

Nesta altura, Leandro quis logo lutar pela custódia do menino. «Naquele preciso momento quis ficar com o meu filho e a guerra começou aí. Só com esta situação da violência doméstica é que as coisas podiam ter corrido mal para o meu lado. Ela acusou-me de violência doméstica, na altura, andava com uma pessoa que era polícia.»

Saiba mais aqui. 

Fotografias: Arquivo Impala e DR

 

PUB
Top