Lili Caneças de luto: “Que a sua alma descanse em paz”

Lili Caneças revela que perdeu um amigo de longa data e presta condolências à família. “Conheci-o há mais de 50 anos”, disse a socialite.

12 Ago 2023 | 14:54
-A +A

Lili Caneças está a viver o luto com a morte de um amigo d e longa data. A socialite recorreu às redes sociais para prestar uma sentida homenagem a Pedro António Costa. “Pedro António Costa, filho do fundador da icónica ‘Loja das Meias’ partiu ontem [quinta-feira, 10 de agosto] aos 90 anos. A ‘Loja das Meias’ foi pioneira a comercializar as melhores marcas internacionais e está na mesma família há 117 anos”, disse.

Leia ainda: Socialite dá com a língua nos dentes sobre Fanny e Jorge Frade:”Chegaram juntos”

“Ontem um dos mais conhecidos membros dessa família partiu, conheci-o há mais de 50 anos na legendária Loja do Rossio quando lhe comprei uma gabardine Burberry, com o meu primeiro ordenado da TAP, ficámos amigos até hoje, os meus sentidos pêsames à sua família e amigos mais íntimos… Que a sua alma descanse em paz“, acrescentou. “Hoje [sexta-feira, 11] aqui em Cascais, na nossa Igreja Paroquial Nossa Senhora da Assunção, foi rezada às 19.15h uma missa pela sua alma”, concluiu.

Chocante! Lili Caneças deixa todos de boca aberta: “Já fizeram bruxaria para me matar”

 

Lili Caneças marcou presença no programa “Em Família” para comentar os mais recentes acontecimentos do mundo dos famosos. A socialite fez uma revelação que deixou todos em choque: já foi alvo de bruxaria. “Era para eu morrer”, disse. Na rubrica do programa dedicado à notícias dos famosos foi abordada a polémica que abalou a família Aveiro na passada semana. Dolores Aveiro foi acusada de recorrer a bruxaria para separar Cristiano Ronaldo de Georgina Rodríguez.

Foi aqui que Lili Caneças contou a sua experiência. “Eu sei, por exemplo, que já fizeram bruxaria contra mim para me matar. Eu sei de fonte segura mesmo, era para eu morrer. Essa pessoa gabava-se disso e eu tenho a certeza absoluta que isso aconteceu e foram até para o Brasil porque no Brasil então, é o pão nosso de cada dia. Eu conheci uma embaixadora do México no Brasil que lhe disseram que ela ia morrer às 3 da tarde não sei onde e ela morreu mesmo, de bruxaria. Acontece”, contou a socialite.

Texto: Inês Borges e Luís Duarte Sousa; Fotos: DR

PUB