Lili Caneças deita abaixo TVI: «Foi onde desci mais baixo. Fui humilhada e desrespeitada»

Lili Caneças recorda passado na TVI e não se poupa a críticas à estação: «Foi bater no fundo do poço. O meu filho cortou relações comigo, tive problemas com a minha família».

21 Fev 2020 | 11:10
-A +A

Lili Caneças foi a mais recente convidada de Rui Unas no programa Maluco Beleza. Na primeira parte de três episódios, Lili ataca a TVI, referindo que é uma parte do seu passado que gostaria de apagar.

A socialite revela que é embaixadora de Cascais e da Costa do Estoril revela que só conseguiu este estatuto «depois de ter saído do Você Na TV!». «De facto, o programa estava uma bandalheira. Falávamos de coisas horrorosas», afirma. Relembre-se de que Lili era comentadora da crónia social Dizem Elas…e Ele, juntamente com Cinha Jardim e Flávio Furtado, e que deixou o programa, na altura apresentado por Manuel Luís Goucha e Cristina Ferreira, em 2009.

«Continuo a ser desrespeitada»

«Foi onde desci mais baixo. Ouvi coisas horrorosas. Fui humilhada, desrespeitada…continuo a ser! Ainda a semana passada vi um comentador dizer que eu não gosto de ninguém, que só gosto de mim», acrescenta.

Mas Lili conta que pior do que ter sido comentadora da tertúlia cor-de-rosa das manhãs da TVI, foi mesmo ter participado num reality show. No ano de 2005, a mulher de 75 anos foi concorrente da segunda edição da Quinta das Celebridades e recorda como tudo aconteceu: «encontrei o José Eduardo Moniz numa festa e pediu para me dar uma palavrinha e perguntou a partir de quanto é que podíamos falar na hipótese de entrar no programa». 

Proibiu entrada de Sá Leão

Caneças «já sabia para o que era», pois já tinha visto a primeira edição onde entrou José Castelo Branco, e, por isso, refere que pediu «uma quantia obscena». Sem revelar valores, José Eduardo Moniz acabou por aceitar o pedido de Lili: «pensei que se tivesse pedido mais ele não aceitava, mas com aquele número ele achou razoável». «Fui por dinheiro. Não é que me venda, mas achei que era trabalho. Para fazer aquela triste figura, ao menos que fosse bem pago», assume.

Entre a lista de exigências, Lili teve direito a «água quente» e a conhecer todos os restantes participantes antes de entrar no reality show. «Exigi ver as pessoas que iam entrar e se houvesse alguém com quem não me identificava, eu não entrava». 

E por isso mesmo revela que não permitiu a entrada de Sá Leão, realizador de filmes pornográficos: «eu disse que não estava para gramar um tipo que faz filmes pornográficos, porque a pornografia é uma coisa feia, é uma coisa que eu não gosto». 

Gonçalo da Câmara Pereira entrou «para pagar as dívidas»

Já quanto ao amigo Gonçalo da Câmara Pereira, que foi concorrente da sua edição, Lili confessa que só entrou devido a ela: «queria alguém com quem me desse bem e ele queria muito entrar para pagar as dívidas». 

Contudo, a experiência foi tudo menos agradável. «Entrei na TVI para fazer um reality show, a Quinta das Celebridades. Foi bater no fundo do poço. O meu filho cortou relações comigo, tive problemas com a minha família, porque eles nem percebem o que é isto do mundo cor-de-rosa». 

Apesar de no ínicio confessar ter entrado em «personagem», rapidamente Lili resolveu ser «ela própria» e que isso a ajudou a tornar-se «mais popular».

Texto: Inês Borges/ Fotos: DR e Arquivo Impala
Veja também:
Lili Caneças continua a ter período mesmo aos 75 anos: «Ainda posso ficar grávida»
A viver momento doloroso, Lili Caneças vai a Fátima rezar

PUB
Top