Liliana Campos nada no meio de tubarões: “Comecei a esconder-me”

Liliana Campos encontra-se com o marido nas Maldivas e não ganhou para o susto quando foi surpreendida, em pleno oceano, por um grupo de tubarões. “Comecei a esconder-me”, relatou

15 Ago 2023 | 8:55
-A +A

Liliana Campos pegou no marido Rodrigo Herédia e viajou até às Maldivas. A apresentadora do Fama Show tem feito várias partilhas do destino paradisíaco e participou numa das atividades mais populares: nadar com tubarões. A comunicadora confessa que ficou com muito medo enquanto estava debaixo de água, principalmente depois de um grupo de tubarões ter aparecido.

Veja ainda: Apresentadora revela que foi traída em direto: “Soube há pouco tempo”

“Repito este vídeo, para vos confessar que de repente senti aquele frio na barriga e comecei a esconder-me atrás das pernas do Rodrigo, como se adiantasse de alguma coisa”, disse. “Aqui só se vê um, mas eram cinco, todos na nossa direção! Não é grande, mas não é tão pequeno como isso…”, rematou.

Veja o vídeo na galeria acima!

Liliana Campos arrasa Catarina Furtado: “Falta de gosto terrível”

 

Liliana Campos não gostou das palavras usadas por Catarina Furtado, quando dedicou uma mensagem à seleção feminina de futebol. A apresentadora da RTP1 usou uma expressão na mensagem que não foi bem vista por muita gente. A apresentadora do Passadeira Vermelha, fez questão de mostrar o desagrado.

Leia também: Maria Vieira ataca apresentadora: “Hipócrita, cínica, oportunista”

“Estamos a aplaudir-vos de pé, miúdas extraordinárias! É preciso ter uns grandes ovários!”, escreveu Catarina Furtado, na altura, na sua página oficial do Instagram. A publicação foi analisada no programa da SIC Caras e, na opinião da apresentadora do programa, Liliana Campos, não foi a mais feliz. “Acho isso muito feito. Muito, muito feio. Acho que essas comparações são desnecessárias. Há aqui uma analogia ao que se diz dos homens. Acho uma falta de gosto terrível”, começou por dizer.

A apresentadora continuou: “É essa coisa de ridicularizar e colocar no ponto de vista oposto… Acho que estas comparações já não deviam existir”. “Elas são muito boas, mas não tem de se dizer que são tão boas como estes que têm uns grandes não sei quantos. São ambos muito bons. Não preciso desta frase”, finalizou.

Texto: Inês Borges e Luís Duarte Sousa; Fotos: DR

PUB