BB à Primeira Vista: «Hélder é machista, Iury muito fútil e Fábio calão»

Liliana Oliveira, ex-concorrente de Casados à Primeira Vista, assume o papel de comentadora na TV 7 Dias para, todas as semanas, analisar o que acontece em Big Brother 2020. Leia a primeira crónica!

27 Abr 2020 | 19:30
-A +A

Olá a todos! Não podia ter perdido a estreia de Big Brother 2020. E que reality show que vamos ter pela frente! Começo por falar do Cláudio Ramos. Sou suspeita para falar, porque gosto muito dele e da sua maneira de ser. Ele estava nervoso e receoso. Notei-o preso. Mas quem não o estaria a fazer a apresentação de um programa deste calibre e tendo o peso de substituir uma apresentadora como a Teresa Guilherme, uma referência neste género de programa?! No fim das contas, ele esteve muito bem.

 

 

Em relação aos concorrentes… Por onde começar? Desmonto uma pessoa só de ela falar. Pela personalidade que tem, acredito que vá criar muita polémica: o Pedro Soá. Ele vai chocar muito com a Slávia, que é uma forte candidata a ganhar o Big Brother 2020 – de todas, acredito que ela e a Noélia são as que podem chegar à final do programa.

Voltando ao Pedro Soá, ele fala demais, é muito gabarolas e tem a mania. É extremamente controlador. Ele será aquele que vai criar fricção no grupo todo. Será aquele que vai criar os atritos. Acredito que será o vilão do grupo. Sem sombra de dúvidas.

A Slávia é uma mulher de personalidade vincada e que muitos poucos concorrentes vão ter arcaboiço para aguentar a postura e a maneira de ser dela. Já a Noélia, é uma mulher de fibra, de garra e que sabe muito bem o que quer. Ela tem as ideias muito bem definidas e está ali para dar luta a toda a gente. E o facto de ter entrado poucos dias depois da morte do pai só mostra mais a garra dela. Nem nos piores momentos da vida ela é mulher de desistir.

 

Nenhuma mulher quer um homem como o Hélder!

 

Pelo lado negativo, destaco a Iury. Isto não é um concurso de beleza! A Iury é a típica «menina Barbie», que só vive para maquilhagem, roupas e corpo. É exibicionista, com a mania da perfeição do corpo e muito fútil. Viu-se pela apresentação dela, em que apareceu de coroa. Por amor de Deus! Nós não estamos num concurso de beleza…

Realço também pela negativa o Fábio. É o típico menino que vai para ali ganhar dinheiro porque não quer fazer nada da vida. Tal e qual como não faz. «Vivo de apostas sou o homem mais bonito do Mundo e vaidoso»… Ele é mulherengo, calão. Está ali apenas por dinheiro e para continuar sem fazer nada. Não tem objetivos de vida.

Não podia deixar de falar do Hélder, o segundo mais velho da casa. Estará entre ele e o Fábio aquele que os portugueses vão começar por expulsar. O Hélder é tudo aquilo que uma mulher não quer e que qualquer mulher quer afastar. Ele próprio diz: é egocêntrico, exibicionista e machista. Tem a mania que é bom em tudo e tem o culto do corpo. Não sabe fazer nada em casa. Nenhuma mulher quer um homem assim! Se nós, mulheres, formos tentar ter uma conversa com ele sobre cultura geral, possivelmente, não vamos conseguir, porque ele não tem piadinha alguma.

 

A Cátia que me desculpe, mas a Sónia de burra não tem nada

 

A Sónia é uma miúda muito castiça e extremamente apaixonada pelo namorado e pai das filhas. Ao mesmo tempo, é muito tagarela e sem papas na língua. É a chamada mulher de barba rija despachada. Não está nem aí se se engana a falar. Ela é assim. Pura, natural e genuína. Está ali sobretudo para aproveitar a experiência, organizar a vida dela e conseguir trazer conforto às filhas.

Depressa começaram a comparar a Sónia à Cátia Palhinha, ex-concorrente da segunda edição de Casa dos Segredos. Não concordo. A Cátia Palhinha que me desculpe pela expressão que vou usar, mas a Sónia de burra não tem nada. Simplesmente diz as coisas como elas são. A Cátia não. Fazia-se-lhe uma pergunta de cultura geral e ela não sabia nada. O facto de a Sónia se ter enganado no nome da torre… Os nervos também desencadeiam isso.

Ela de burra não tem nada. Pelo contrário, é extremamente esperta e perspicaz. Considero-a mais uma Érica Silva de Casa dos Segredos na maneira de falar. É muito espalhafatosa. Fala, fala e fala muito alto. Para se ouvir a voz dela, para se fazer notar: «Calma, que eu estou aqui. Sou uma mulher do Norte e nós aqui falamos assim. Não temos medo de dizer aquilo que pensamos e da forma como pensamos.»

 

O Pedro Alves tem muitos fantasmas no armário

 

Acredito que o Pedro Alves vá criar muitas incompatibilidades com o Edmar, que é um doce de miúdo. O Pedro ficou logo de olho para a Jessica. Quando os dois falaram, ele até teve a preocupação de arranjar a sobrancelha!

Ele vai para o Big Brother com a mania de que é galã, mas, na realidade, tem muitos fantasmas no armário. Diz-se homofóbico, mas não sei até que ponto ele não coloca algumas vezes em causa a sua masculinidade e daí dizer que é sedutor. Fiquei com algumas dúvidas.

Apesar de, nas redes sociais, ter sido criada a hashtag «Fora, Pedro Alves», não acredito que ele vá ser o primeiro alvo a ser abatido pelo público. Até porque tudo aquilo que cria fricção – neste caso, ele ser homofóbico e haver um homossexual no programa – terá de permanecer na casa. É aquilo que ‘dá canal’!

 

Concorrentes podem vir a achar Rui inconveniente

 

Um pastor vindo de Vila Real. Assim que olhei para o Rui, lembrei-me do Zé Maria. Ele vai em busca dos sonhos dele. É um miúdo que tem as ideias no lugar e sabe o que quer, mas que leva a vida a brincar e a sorrir. Esse é o conceito que guardo dele. O lema de vida dele é: «Sorrir para ninguém perceber que estou triste.»

Ele vai dar luta. Talvez haja pessoas que não vão gostar dele. Pelo facto de ele cantar, ser bem-disposto e alegre, podem vir a achá-lo inconveniente. Mas é, sem dúvida, um miúdo que vai em busca do amor e da felicidade.

 

Viu-se logo quem está a jogar desde o primeiro momento

 

E o que esperar da primeira semana? Acredito que os grupos se vão começar a formar, mesmo não estando eles na mesma casa. Bastam duas ou três palavras e começam-se a criar ligações. De uma forma ou de outra, as pessoas vão começar a ligar-se pela maneira de ser.

E isso viu-se nas pontuações que eles foram dando uns aos outros no final da gala. Viu-se logo quem está a jogar desde o primeiro momento. A Noélia, por exemplo, deu duas estrelas ao Fábio, porque ela percebeu aquilo que ele é. Ele é zero, não tem muito para se esmiuçar. Por isso, eles já estão a jogar e vão percebendo durante a semana a quem é que se devem unir e quem devem colocar mais à margem.

No próximo domingo, tenho duas pessoas que destaco para possível Favorito, ganhando, assim, a tão desejada imunidade: o Rui e a Sónia. O Rui porque é um miúdo cuja inocência é extremamente cativante. A Sónia porque as pessoas querem gente alegre, independentemente das gafes.

 

Até para a semana! Sempre com o Big Brother em vista.

 

Crónica: Liliana Oliveira; Fotografias: Arquivo Impala e Divulgação

 

ATENÇÃO!

Vivemos tempos de exceção mas, mesmo nestes dias em que se impõe o recolhimento e o distanciamento social, nós queremos estar consigo. Na impossibilidade de comprar a sua revista favorita nos locais habituais, pode recebê-la no conforto de sua casa, em formato digital, no seu telemóvel, tablet ou computador.

Eis os passos a seguir:
  1. aceda a www.lojadasrevistas.pt
  2. escolha a sua revista
  3. clique em COMPRAR ou ASSINAR
  4. clique no ícone do carrinho de compras e depois em FINALIZAR COMPRA
  5. introduza os seus dados e escolha o método de pagamento
  6. pode pagar através de transferência bancária ou através de MB Way!

E está finalizado o processo! Continue connosco. Nós continuamos consigo.

PUB
Top