Ljubomir Stanisic partilha vídeo de homem a chorar durante a greve de fome

Ljubomir Stanisic mostra imagens de uma manifestante em lágrimas no segundo dia de protesto. Apesar do frio e da fome, o chef de cozinha garante que não vai desistir.

30 Nov 2020 | 8:50
-A +A

Ljubomir Stanisic e outros nove empresários dos vários setores afetados pela crise provocada pela covid-19 continuam instalados à frente da escadaria da Assembleia da República, em Lisboa. O chef de cozinha, conhecido junto do público português pela sua participação no programa da TVI “Pesadelo na Cozinha”, é um dos rostos do movimento “Sobreviver a Pão e Água” que se encontra desde sexta-feira, 27 de novembro, em greve de fome.

Não vamos desistir!

Neste segundo dia de protesto, e com as condições climatéricas a dificultarem a contestação do grupo, Ljubomir Stanisic partilhou um vídeo na sua página de Instagram em que mostra uma manifestante a chorar e a ser consolada por outros elementos presentes. “Começamos a colpasar! Mas não vamos desistir!”, escreveu para ilustrar as imagens originalmente publicadas na página de Instagram associada ao movimento e que conta, até ao momento, mais de 13 mil seguidores.


 

Para além de Ljubomir Stanisic, estão associados José Gouveia, conhecida figura da noite lisboeta, e João Sotto Mayor, proprietário de vários espaços comerciais dedicados à restauração no Algarve. O ex-namorado de Isabel Figueira tem mostrado, também ele, através das suas redes sociais, vários momentos do protesto.

Por que tudo começou

Recorde-se que na origem do movimento “Sobreviver a Pão e Água” está a crise instalada nos setores da restauração, hotelaria, comércio, animação noturna e cultura por causa da pandemia da COVID-19. Reclamam não só a falta de apoio do Governo a estas áreas como as medidas de restrição aplicadas, que põem em causa a sobrevivência dos negócios.

Texto: Alexandre Oliveira Vaz com Dúlio Silva; Fotos: Redes Sociais

Leia também:
Ljubomir Stanisic: Primeiras imagens do chef em greve de fome

 

PUB
Top