Longe do drama de violência doméstica, Helena Isabel refugia-se com amiga

A comentadora revela quem é o seu maior apoio neste momento difícil, depois de ter confessado ser «vítima de violência doméstica».

18 Jul 2018 | 16:57
-A +A

Dias após ter revelado que era «vítima de violência doméstica», Helena Isabel desfrutou de uma tarde divertida com uma amiga. Tentando distrair-se da fase menos boa que viveu, a ex-concorrente da Casa dos Segredos juntou-se a Melanie Santos e estiveram no Estoril e aproveitar o calor.

A comentadora do canal de Queluz de Baixo confessou que a amiga «é um dos meus grandes suportes». De fato de banho preto, Helena mostrou-se de cabiz baixo e, mesmo quando se filmou no InstaStory, revelou um ar sério.

That’s one of my supports ?

A post shared by Helena Isabel Patricio (@hisapatricio) on

Veja também: Depois de acusar o ex-namorado de violência doméstica, Helena Isabel tem atitude racista

 

O fim do namoro

Depois de Gonçalo Rosado terminar o namoro através das redes sociais, Helena Isabel utilizou a mesma plataforma para revelar que é vítima de violência doméstica.

Em menos de uma semana, a vida de Helena Isabel deu uma reviravolta inesperada. Na passada segunda-feira, a comentadora da TVI dizia que o seu relacionamento com Gonçalo Rosado ia de vento em popa.

No entanto, esta sexta-feira, 13, tudo mudou.

O agora ex-namorado partilhou uma imagem da vencedora da Casa Dos Segredos 6, onde esta surge nua da parte de cima e escreveu um longo texto em que revelou alguns dos problemas que podem ter levado ao fim do namoro.

Veja também: Helena Isabel REVELA: «sou VÍTIMA de VIOLÊNCIA DOMÉSTICA»

A comentadora do programa Late Night Secret da TVI revelou os pormenores da sua relação tumultuosa com Gonçalo Rosado.

Publicou uma imagem no Instagram que dizia: «BASTA», na qual também é possível ver um conjunto de papéis que parecem ser relatórios policiais e, a acompanhar a foto, escreveu um longo texto em resposta ao ex-companheiro.

«Escondi-me atrás de uma capa de felicidade ‘infeliz’, inexistente, com medo da repressão e da forma como isto pudesse interferir na minha vida laboral, nos meus projetos, nas minhas ambições.
Tinha duas vidas. A vida para a comunicação social e a minha vida privada, repleta de medos e ansiedades. Optei por viver este meu problema com os mais próximos (salvaguardando-me a mim e aos pais da pessoa em questão). Era um segredo bem guardado!», escreveu.

Comunicado Estamos em Julho de 2018, e eu pertenço a mais um sem numero de mulheres vitimas de violência domestica. Escondi-me atrás de uma capa de felicidade “infeliz”, inexistente, com medo da repressão e da forma como isto pudesse interferir na minha vida laboral, nos meus projetos, nas minhas ambições. Tinha duas vidas. A vida para a comunicação social e a minha vida privada, repleta de medos e ansiedades. Optei por viver este meu problema com os mais próximos..( salvaguardando-me a mim e aos pais da pessoa em questão pois são pessoa incríveis). Era um segredo bem guardado! Até hoje, o dia em que alguém decidiu atentar contra a minha dignidade num acto de revolta. Num acto cruel. Num ato de desespero por não saber aceitar um NÃO. A violência domestica é considerado um crime publico. Foi no fatídico dia 18 de Fevereiro que fiz a primeira queixa, sucederam-se mais 4 aditamentos á mesma, sendo hoje o quinto .. e enquanto espero pela minha paz, talvez possa já ca não estar. Não podia deixar em branco este acontecimento que de alguma forma mexeu comigo e com os que me são próximos. A todos aqueles que vivem o mesmo problema, lembrem-se, as pessoas não mudam! Porque o meu caminho me tornou uma pessoa conhecida do público sinto me na obrigação de tornar pública está minha vivência deixando claro que não vou alimentar qualquer especulação mediática deixando o processo seguir o curso legal.

A post shared by Helena Isabel Patricio (@hisapatricio) on

 

PUB
Top