Lourenço Ortigão já tinha dado nega à SIC. TVI assume “tristeza” pela primeira vez

Lourenço Ortigão revela que já tinha dado uma nega à SIC porque “a TVI estava numa fase delicada” e entendeu manter-se lá. Agora, o canal de Queluz de Baixo assume “tristeza” pela saída do ator.

28 Ago 2021 | 22:03
-A +A

O desejo de Lourenço Ortigão trabalhar na SIC já existia e várias foram as vezes em que foi sondado para ir para o canal. Contudo, só agora é que o ator deu o “sim” a Daniel Oliveira, o Diretor-Geral de Entretenimento da Impresa. “Já tinha havido abordagens. Houve uma hipótese um bocadinho mais firme de eu vir para aqui, mas eu não quis porque, na altura, a TVI estava numa fase delicada e eu senti que o canal merecia o meu respeito e decidi manter-me lá”, explica à TV 7 Dias, esclarecendo que a fase em que surgiu um convite mais sério foi quando a TVI “começou a perder muito nas audiências”.

Contudo, tudo mudou a 1 de julho, altura em que o ator anunciou a sua saída do canal de Queluz de Baixo. Daniel Oliveira viu aqui a oportunidade para reforçar a família SIC com um ativo muito acarinhado pelo público e, duas semanas e meia após o anúncio, as conversações foram retomadas.

Lourenço Ortigão acabou por aceitar o convite, por considerar as ideias que lhe foram apresentadas como bastante apelativas. “Quis estar onde me senti mais desafiado e desejado”, atira, salientando que os moldes do contrato que lhe foi proposto são muito interessantes pois, apesar de ter uma relação formal com o canal de Paço de Arcos, passa a ter “uma liberdade que não tinha para poder eventualmente aceitar projetos que me desafiem e que me façam crescer”.

“Existe esse apoio por parte da SIC, que vê em mim uma mais-valia para defender os valores da SIC, mas também alguém que precisa e que quer crescer e continuar a abrir portas. Os moldes aqui são diferentes, mas no fundo a ligação que tenho é uma ligação formal, mas com alguma liberdade, é um bocadinho o melhor dos dois mundos”, afirma o ator.

Além de poder participar em projetos estrangeiros ou mesmo nacionais, há ainda a possibilidade de ser a cara de um programa de entretenimento. Contudo, Lourenço Ortigão garante não saber “o que vai na cabeça” de Daniel Oliveira “em relação ao entretenimento”. “Mas estou disposto a ouvir!”. Ainda assim, já tem uma certeza: vai participar na próxima edição dos “Globos de Ouro”.

A TV 7 Dias entrou em contacto com a TVI para obter uma reação do canal, que nos disse que “o Lourenço Ortigão foi um dos principais ativos da TVI”. “Foi com muito orgulho que acompanhámos sempre o seu crescimento, desafiando-o com novos projetos, mas o Lourenço entendeu que este era um momento de mudança e decidiu sair. A TVI vê com tristeza esta saída, mas compreende a sua decisão e deseja a maior das sortes no seu percurso profissional. As portas continuam abertas se decidir voltar”.

 

Texto: Carla Ventura (carla.ventura@impala.pt); Fotos: Divulgação SIC e reprodução redes sociais

 

(adaptação de artigo originalmente publicado na edição nº 1797 da TV 7 Dias)

PUB
Top