Lourenço Ortigão quer acabar com contrato. TVI quebra o silêncio sobre o caso

Lourenço Ortigão terá manifestado à TVI a decisão de não querer renovar o contrato de exclusividade. A estação não confirma, mas garante que “já tem projetos para ele que estão a ser trabalhados”.

20 Mai 2021 | 12:28
-A +A

Lourenço Ortigão, de 31 anos, não pretende renovar o contrato de exclusividade que o liga à TVI. A garantia é dada por uma publicação semanal, que noticia que o ator já terá informado o canal de Queluz de Baixo da sua decisão. À TV 7 Dias, a estação garante que pretende continuar a contar com o artista.

“A Cristina Ferreira olha para o Lourenço Ortigão como um rosto da estação e já tem projetos para ele que estão a ser trabalhados”, assegura fonte oficial da TVI à nossa revista. Desta forma, o canal da Media Capital desmente, ainda que indiretamente, a TV Guia quando esta aponta como uma das principais causas para a decisão de Lourenço Ortigão o facto de este estar “magoado com a falta de oportunidades” e de não “ser aposta” da Diretora de Entretenimento e Ficção da TVI.

À TV 7 Dias, a estação de Queluz de Baixo não quis esclarecer se, de facto, o ator terá comunicado a vontade de não renovar o contrato. “A TVI conta com o Lourenço Ortigão”, reforça. Algo que não invalida, de facto, que o ator deixe de ser um rosto exclusivo da estação.

 

TVI está a reduzir contratos de exclusividade para “investir na variedade”

 

Tal vai ao encontro, aliás, da política adotada recentemente pela empresa de que a estação faz parte. “Nos últimos meses, o grupo Media Capital tem tomado uma série de iniciativas para preparar todas as suas empresas para os desafios futuros. Este novo modelo de negócio inclui a reformulação e a redução do número de exclusivos na estação de televisão TVI”, fez saber, em abril, aquando da notícia da não renovação do contrato de exclusividade com o apresentador Pedro Fernandes.

“A TVI tem sempre as portas abertas para voltar a trabalhar com todos os profissionais da área de talento em trabalhos específicos. Esta nova política permite que os contratos de exclusividade sejam substituídos por acordos que durem o tempo em que o profissional está a trabalhar para a estação e simultaneamente permite investir na variedade e na formação de novos atores e apresentadores“, disse ainda, na altura, fonte oficial.

 

Lourenço Ortigão cresceu como ator na TVI

 

Com o fim do contrato de exclusividade com a TVI, Lourenço Ortigão pode, de facto, continuar a colaborar com a estação através da qual se deu a conhecer ao público. Mas pode também investir noutros projetos. Vale a pena lembrar, de resto, que o ator participou recentemente na série da RTP1 “Até Que A Vida Nos Separe”. Ortigão ambiciona ainda construir uma carreira internacional.

Na TVI, canal em que se estreou em 2009, como protagonista da série infantojuvenil “Morangos com Açúcar”, o ator tem sido aposta recorrente para papéis principais. Destacam-se os papéis de protagonistas nas novelas “A Única Mulher”, “A Herdeira” e “Prisioneira”.

 

Texto: Dúlio Silva; Fotos: Arquivo Impala e reprodução redes sociais

PUB