Luan «extremamente preocupado» com discurso de Bolsonaro: «a minha família está aflita»

Luan Tiófilo não esconde a preocupação com a situação vivida no Brasil quanto ao surto do coronavírus, uma vez que o presidente do Brasil não está a tomar as melhores medidas de prevenção.

25 Mar 2020 | 15:30
-A +A

Luan Tiófilo está indignado e preocupado com a situação que se vive no Brasil, resultado das medidas de prevenção contra o covid-19 implementadas por Jair Bolsonaro. O presidente brasileiro discursou este domingo, 24 de março, fazendo referência à histeria que surgiu, resultado das informações alarmistas dadas pela comunicação social do país, quanto à situação vivida em Itália, mas não só.

Para Bolsonaro, a normalidade deve manter-se com as pessoas a continuarem a sua rotina pessoal e profissional.

«O vírus chegou, está a ser enfrentado por nós e brevemente passará. A nossa vida tem que continuar. Os empregos devem ser mantidos. O sustento das famílias deve ser preservado. Devemos sim voltar à normalidade. Algumas poucas autoridades estaduais e municipais devem abandonar o conceito de terra arrasada, a proibição de transportes, o fecho de comércio e o confinamento em massa», afirma o presidente.

«O que se passa no mundo tem mostrado que o grupo de risco é o das pessoas acima dos 60 anos. Então, porquê fechar escolas? Raros são os casos fatais de pessoas com menos de 40 anos de identidade. 90% de nós não teremos qualquer manifestação, caso se contamine», refere.

 

Veja o discurso do presidente do Brasil:

Perante isto, Luan Tiófilo mostra-se «extremamente preocupado», uma vez que a família reside toda no Brasil e, na sua opinião, não estão a ser tomadas as melhores medidas de contenção do novo vírus. «A minha mãe e a minha irmã tinham viagem marcada para me vir visitar e tiveram que adiar. Sei que a situação lá é muito maior, por ser um país grande e sem qualquer tipo de estrutura para suportar isso. A minha família está super aflita, porque sabem que o sistema de saúde no Brasil não está nem um pouco preparado. Inclusive, a minha mãe estava a ponderar não cancelar a viagem e vir na mesma, pois sabia que aqui estaria mais segura», começa por nos revelar.

«Vejo-me totalmente impotente diante dessa situação, porque adoraria conseguir proteger a minha família mas, infelizmente, isso não é possível. Converso diariamente com eles lá, e a única coisa que tenho dito é para tentarem manter-se em casa o maior tempo possível, para tentarem evitar contacto e, assim, se manterem seguros», conta Luan.

Para o ex-concorrente da Casa dos Segredos, «é triste ver que ele [Presidente do Brasil] não está a dar importância a algo que já matou muita gente e não foi só os idosos. A sério, vergonha. Impossível não olhar para esse discurso e não achar que ele é um tremendo de um fantoche», confidencia.

No Brasil estão já confirmados 2 201 casos e 46 mortes por coronavírus.

Texto: Marisa Simões; Fotos: DR

 

Leia ainda:
Coronavírus: Ex-Love On Top mostra revolta e desespero nas ruas (vídeo)

 

ATENÇÃO!

Vivemos tempos de exceção mas, mesmo nestes dias em que se impõe o recolhimento e o distanciamento social, nós queremos estar consigo. Na impossibilidade de comprar a sua revista favorita nos locais habituais, pode recebê-la no conforto de sua casa, em formato digital, no seu telemóvel, tablet ou computador.

Eis os passos a seguir:
  1. aceda a www.lojadasrevistas.pt
  2. escolha a sua revista
  3. clique em COMPRAR
  4. clique no ícone do carrinho de compras e depois em FINALIZAR COMPRA
  5. introduza os seus dados e escolha o método de pagamento
  6. Não tem conta PayPal? Não há problema! Pode pagar através de transferência bancária!

E está finalizado o processo! Continue connosco. Nós continuamos consigo.

PUB
Top