LUAN e TIAGO celebram NATAL em família e revelam: «CHEGÁMOS A PASSAR FOME»

O primeiro casal homossexual a participar na Casa dos Segredos fala sobre a consoada, e relata as dificuldades pelas quais passou antes de assumir a relação.

23 Dez 2018 | 20:45
-A +A

«Natal é família, amor e união.» É assim que Luan Oliveira caracteriza a época mais doce do ano. Juntos há mais de três anos Luan e Tiago Rufino, o primeiro casal homossexual a participar num reality show em Portugal, vão viver pela primeira vez a consoada em família.

 

Veja o vídeo dos bastidores da sessão fotográfica na galeria!

 

«Este é o nosso terceiro Natal juntos e vai ser finalmente em casa da minha mãe, em família», atira Tiago radiante. «Estou feliz, e é por isso que acho que valeu a pena participar na Casa dos Segredos, porque os dois primeiros Natais passámos sozinhos em Lisboa.

 

Veja mais: Luan e Tiago mostram casa!

 

No primeiro a minha família não sabia do Luan, sabia que eu vivia com um amigo. Nesse ano, disse que tinha trabalho no dia 24, e arranjei a desculpa que ficava caro ir a Alvarenga, só para ficar com ele, se não iria passar sozinho. No segundo Natal, disse a mesma coisa. Dois dias depois do Natal a minha mãe perguntou se ia passar o ano novo com ela, disse também que ia ficar a trabalhar, e foi aí que ela começou a desconfiar e perguntou… depois disso ficámos um mês sem nos falarmos. Não fui a casa também no meu aniversário, 13 de janeiro, que foi quando me casei. Casei praticamente duas semanas depois da minha mãe saber que estava a namorar com o Luan. Depois entrámos na Casa em fevereiro», relatou, enquanto Luan prossegue: «Já estamos animados com os enfeites e com as receitas. Nas outras duas foi algo mais simples. Isto é um sonho que conseguimos realizar e vai ser lindo.»

Ansioso, com o aproximar da data, o brasileiro já sabe como será a ceia: «Vai ser em volta da lareira, bem aconchegante e vai ser muito bom. Sinto-me completo agora», confidenciou afirmando, que irá ajudar a sogra na preparação da ementa. «Sei que vai fazer o bacalhau, mas eu não sou fã. No Brasil fazemos peru e na ceia vão fazer o bacalhau e estou a pensar fazer um prato do Brasil, para termos algo meu. Estou a pensar fazer um Peru recheado e talvez um arroz típico do Brasil com uvas e passas, meio colorido.»

A relação de Luan com a família de Tiago não podia ser melhor: «Agora até tem mais à vontade com a minha mãe, nos primeiros tempos ficava muito quietinho perto da minha mãe, agora já falam um com o outro, e ela já faz as vontades todas ao Luan. Trata-o melhor a ele que a mim», queixa-se Tiago, entre risos. «Eu sou sempre o mau. Ela chega-me a dizer: ‘Não sei como é que ele te atura.’»

 

«Estávamos desesperados, não sabíamos mais o que fazer»

 

E o que esperam receber no sapatinho? «O maior presente já o recebemos depois de termos saído do programa: a união familiar. É um sonho concretizado», diz de imediato Luan. A mesma opinião é partilhada pelo seu marido, que acrescenta sentir-se livre desde que deixou de esconder o seu amor.

«Antes não podia porque a minha família não iria gostar. Um ano e dois meses depois de ter contado que estava com o Luan entrámos na Casa. Estávamos desesperados, não sabíamos mais o que fazer. Fomos criticados pelos comentadores por termos exposto a relação. Agora temos muita gente que gosta de nós e que se identificam com a nossa história.»

No entanto, numa família com crianças, os presentes não podem faltar. «Já comprámos praticamente tudo. Tenho para os meus sobrinhos que adoram o Luan», disse Tiago confidenciando: «Curiosamente não questionam por que razão estamos juntos. Mas, também porque as minhas irmãs quando lhes contaram acharam por bem consultar um psicólogo, até para saberem como gerir as coisas na escola. Como é um meio pequeno toda a gente sabia que eu era tio deles, e as crianças podiam dizer comentários maldosos, que chegaram a dizer no início. Mas, eles são muito desenrascados e resolveram as coisas. Quando saímos da casa fomos até fazer uma presença à escola deles e as crianças todas tiraram fotos connosco, mesmo aqueles que eu soube que os espicaçaram. O preconceito às vezes está nas pessoas mais crescidas.»

 

Meses muito difíceis

 

Sete meses após o final da Casa dos Segredos 7 o casal continua a viver «de presenças, parcerias e publicidade a restaurantes», mas Tiago afirma que no próximo ano vão se afastar das luzes da ribalta.

«Queremos resguardar-nos um pouco. Nos blogues sai quase todos os dias notícias sobre nós. Fazemos algo é logo notícia e queremos retirar-nos um pouco. No início, tínhamos muitas pessoas que gostavam de nós, mas agora já há quem nos critique e dizem: ‘já estão a viver há sete meses às custas dos fãs. Nós vivemos dos patrocínios. Os nossos fãs dão-nos muita coisa sim, mas são roupas. Queremos voltar à nossa vida normal», disse, referindo: «O nosso objetivo era sair daquela pobreza extrema em que estávamos. Tivemos meses muito maus. Chegámos a passar fome durante dois meses.»

 

Veja mais: Luan e Tiago celebram o Natal COMPLETAMENTE nus!

 

Sem dinheiro e numa situação de «pobreza extrema», Tiago recua no tempo e lembra os meses em que passaram fome. «Esta situação aconteceu antes de irmos para o programa. Foi quando contei à minha família que estávamos juntos. Só eu é que estava a trabalhar, estávamos numa casa em que pagávamos 560 euros de renda. Eu ganhava 700. a minha família ajudava-me todos os meses com dinheiro. Mas quando descobriu deixou de me ajudar. Então estivemos aí uns dois meses em que passámos necessidades e só comíamos arroz. Mas, felizmente as coisas depois começaram a melhorar e o nosso objetivo é que isso nunca mais aconteça.»

Passo a passo, o casal luta agora pela estabilidade ao lançar-se nos negócios. «Estamos aos poucos a montar o nosso negócio dos brigadeiros, que em janeiro será lançado, depois de voltarmos do Brasil. É nisso que estamos a trabalhar. E estamos a terminar o nosso livro. Estamos a ver as editoras», concluiu o vencedor da última edição da Casa dos Segredos.

 

Texto: Telma Santos; Fotos: José Manuel Marques; Produção: Zita Lopes; Maquilhagem: All About Makeup; Agradecimentos: C&A, De Borla, Leroy Merlin e Seaside

PUB
Top