Lucas Dutra divide-se entre a representação e a realização: Sem tempo para namorar

A gravar a novela Cacau, Lucas Dutra tem ainda outros projetos pessoais e namora com Madalena Aragão, mas o tempo para o romance é pouco.

19 Nov 2023 | 8:00
-A +A

Em breve, Lucas Dutra vai surgir nos ecrãs da TVI na novela Cacau e o jovem ator mostra-se entusiasmado. “Está a ser muito bom, já tinha saudades de fazer novela. Tenho trabalhado mais como realizador e foi muito bom voltar aos estúdios, fui muito bem recebido. A minha personagem é sossegada, nunca tinha feito um papel assim, é super calmo, ponderado e eu funciono muito em dupla com o José Condessa e trabalhar com ele tem sido uma delicia”, revela.

Adiantando: “Tenho conciliado com outros projetos, como a Revolução sem Sangue, que é uma longa-metragem e está a correr muito bem. Ao mesmo tempo já saiu o projeto que eu estive a escrever, realizar e coordenar os Morangos na web, é um spinoff das personagens de Morangos com Açúcar. Já filmámos tudo, o episódio que está disponível é o da Madalena Aragão.” E não poupa elogios à protagonista da série juvenil, com quem tem uma relação. “Ela diz-me muito e está um arraso. A Madalena é uma atriz incrível.”

Tanto Lucas, como a namorada estão numa excelente fase profissional. “Sem dívida alguma. Ganhámos os Globos como Revelação e o prémio em Cannes com a nossa história. Ela como protagonista dos Morangos, eu a realizar e a coordenar um projeto destes aos 23 anos, está tudo a correr bem.” No entanto, com tantos projetos falta tempo para namorar. “É difícil porque é uma gestão complicada, são sacrifícios. Mas o facto de ambos estarmos inseridos no meio há uma tolerância e uma compreensão dos dois lados e funciona muito bem.”

“Ambiciono carreira internacional”

E o facto é que já não passa despercebido na rua. “Tem sido giro não ser só reconhecido como ator. Desde o Bem me Quer e na pandemia fui muito reconhecido como ator na rua. Ultimamente tenho tido mais reconhecimento pelo trabalho como realizador e é muito bom. É muito bom ver que a malta jovem reconhece e esta a par de novos talentos noutras áreas. Já me abordaram por ter ganho um prémio em Cannes e é uma delicia.”

De sorriso no rosto, Lucas Dutra revela que ambiciona fazer “um antagonista e uma pessoa com esquizofrenia” e na realização pretende continuar a trazer inovação. “Estar a coordenar um projeto dá-me mais mais liberdade sobre aquilo que eu gostava de mudar. Apostar em novos formatos na vertical por exemplo para as pessoas verem nos telemóveis, que é o grande meio hoje em dia, e eu quero tentar ir buscar a malta jovem para verem, conteúdos de qualidade”, explica. E os seus sonhos vão também além-fronteiras. “Ambiciono carreira internacional e se tudo correr bem em fevereiro tenho algumas novidades como ator.”

Texto: Neuza Silva (neuza.silva@impala.pt)
Fotos: Nuno Moreira
PUB