Luciana Abreu põe dedo na ferida: “Pedem-me comida no camião”

Desolada com a crise social, Luciana Abreu partilha pobreza que vê no Domingão e afirma que os “portugueses estão a ser muito explorados.”

13 Out 2023 | 7:20
-A +A

Pessoas descalças, a viver em barracas e com fome. Luciana Abreu revela o que vê aos domingos no camião da SIC. Em exclusivo à TV 7 Dias, fala das polémicas com os pais das filhas, a “crise” no namoro com João Moura Caetano, e explica porque recusou representar ao lado da filha.

Leia ainda: Irmão de Francisco Monteiro revela que concorrente tem ciúmes do seu sucesso e fala da relação frágil com o pai

Com uma vida pessoal preenchida como mãe solteira de quatro meninas e uma carreira de sucesso, Luciana Abreu não baixa os braços. A crise social que se sente em Portugal tem sido cada vez mais visível e Luciana Abreu revela o que vê todos os domingos no camião do Domingão, ao lado de Emanuel. “O País está virado do avesso. Os portugueses estão a ser muito explorados. É difícil, emocionalmente, por causa do que os meus olhos veem e que não passa na televisão. Muita pobreza, pessoas que moram na rua, em barracas, sem condições nenhumas, que andam descalças, vão pedir comida ao camião”, diz a atriz, desolada com a crise social. Leia a entrevista completa na TV 7 Dias em banca

TV7DIAS 1909

Outros destaques desta edição da TV 7 Dias

Irmão de Francisco Monteiro revela que concorrente tem ciúmes do seu sucesso
João Baião garante: “Já não quero ser pai”
Luís Santos de Casados no Paraíso: “Jamais voltava a entrar”
Saúde do pai de Joana Amaral Dias deu origem a um processo crime. Madrasta no banco dos réus
Io Appolloni viu o seu carro penhorado

Tudo isto e muito mais na sua TV 7 Dias, já nas bancas

É visto como o motor do programa por estar em todas as frentes. Seja na casa, no anexo ou no jardim, o assunto é quase sempre o mesmo: Francisco Monteiro. O concorrente do Big Brother não se esconde de nenhum confronto e, na realidade, todos os que lhe têm feito frente têm vindo a ser expulsos da casa mais vigiada do País.

Contudo, por detrás daquela capa de durão e confrontador existe uma pessoa que esconde um fundo repleto de fragilidades. Em entrevista exclusiva à TV 7 Dias, o irmão do concorrente conta que o nortenho sente ciúmes do seu sucesso no ténis e explica porque é que se considerava a ovelha negra da família. “Acabou por autointitular-se de ovelha negra porque não tinha a atenção no desporto, era eu que tinha”, diz João Monteiro, que nos explica ainda que defende que o irmão devia fazer algum tipo de terapia alternativa para controlar o temperamento. João e Francisco, que são unha e carne desde tenra idade, estiveram com a relação beliscada e o motivo foi só um: Mulheres. E ainda, família de Francisco Monteiro não concordou com a sua entrada no Big Brother. Leia a entrevista completa na edição da TV 7 Dias que chega agora às bancas.

Texto: Ana Lúcia Sousa (ana.lucia.sousa@worldimpalanet.com)
PUB