Luciana põe «PONTOS FINAIS»: «Quando somos REFÉNS DO MEDO, deixamos que ele nos controle»

A cantora diz-se, definitivamente, numa nova fase da sua vida. Separada do marido, a também atriz afirma que tem posto «pontos finais» em vários aspetos da sua vida.

28 Mar 2019 | 18:30
-A +A

Primeiro, o afastamento da mãe, Ludovina Abreu, e da irmã Luísa. Agora, o pedido de divórcio do guia turístico Daniel Souza, com quem se casou em novembro de 2017 e de quem tem duas filhas, as gémeas Amoor e Valentine, nascidas prematuramente no dia 23 de dezembro do mesmo ano.

Em entrevista a Ana Rita Clara, para o programa da SIC Mulher Faz Sentido, e sem nunca deslindar o assunto a que se refere, Luciana Abreu diz que tem «colocado pontos finais» em vários aspetos da sua vida.

 

Veja também: Luciana Abreu EXPLOSIVA: «Na SIC, há pessoas a serem pagas para colocar defeitos»

 

A afirmação surge a propósito da sua passagem por terras de Vera Cruz, graças à canção que lançou em parceria com a artista brasileira Gretchen. Sobre o «melhor conselho» que lhe deu, a eterna Floribella, série da SIC que a catapultou para a fama, corria o ano de 2016, não tem dúvidas: «Não ter medo».

E explana: «Quando somos reféns do medo, deixamos que o medo nos controle. Perdemos completamente o controlo da situação. Quando temos a capacidade de enfrentar tudo aquilo que temos para resolver, tudo se simplifica. Tiramos a força àquilo que não interessa.»

 

Veja ainda: Luciana Abreu ARRASADA: «Dura mais a GASOLINA do meu carro do que uma RELAÇÃO TUA»

 

Segundo o Jornal de Notícias, a estrela da SIC apresentou uma queixa contra o ainda marido por alegadas agressões. «O inquérito corre sob segredo de Justiça», acrescenta a mesma fonte. Já segundo a revista Lux, Lucy fez um pedido de regulação de poder paternal, tendo em vista «a guarda partilhada» das filhas que tem em comum com Daniel Souza. «Não deu para a Luciana esconder mais, teve de por um ponto final à violência que vivia», diz uma fonte à mesma publicação.

 

Veja também: Luciana Abreu reage: «BASTA DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA!»

 

A cantora terá mesmo chegado a pedir às autoridades o botão de pânico, uma tecnologia que permite às vítimas de violência doméstica alertarem as autoridades sempre que se sentirem ameaçadas. Saiba mais aqui.

O guia turístico promete ao JN pronunciar-se «a seu tempo sobre o que está ou sairá na Comunicação Social» e pede «compreensão neste momento tão delicado, pelo amor e respeito» às gémeas Amoor e Valentine.

 

Queixa de violência doméstica contra Djaló

 

Recorde-se também que, em fevereiro, Luciana Abreu respondeu à entrevista que o seu primeiro marido, Yannick Djaló, tinha dado, dias antes, no programa da TVI Você na TV!, revelando que, em tempos, fez «uma queixa de violência doméstica» contra o futebolista, «da qual, pelo amor que lhe tinha», acabou «por desistir, mas que está registada».

As polémicas afirmações foram feitas n’O Programa da Cristina, apresentado por Cristina Ferreira, na SIC, numa conversa em que Luciana Abreu quebrou o silêncio a que se submeteu «por pena e por medo».

 

Recorde tudo o que a estrela da SIC disse clicando aqui.

 

Texto: Dúlio Silva | Fotografias: arquivo Impala e reprodução redes sociais

PUB
Top