Luciana ilibada do processo interposto pelo pai

A atriz foi ilibada do processo cível interposto pelo pai que a acusava de difamação

12 Abr 2018 | 18:12
-A +A

Luciana Abreu foi ilibada pelo Tribunal da Relação de Lisboa do processo cível de difamação agravada que tinha sido interposto pelo pai, Luís Costa Real. A agente da cantora enviou às redações um comunicado a anunciar a decisão do Tribunal. 

«É com muita satisfação e sentido de justiça cumprida que a LVAM Productions partilha o documento anexo. Como poderão analisar no acórdão do Tribunal da Relação de Lisboa que, Luciana Abreu, foi ilibada do processo cível e do processo crime que o Senhor Luís Carlos Sodré Costa Real interpôs conta a artista», escreve Ana Micaela Medeiros.

A atriz já havia sido absolvida do processo crime de difamação e o processo conclui-se agora pois já foram esgotadas pelo pai da estrela da SIC as hipóteses de recurso. A absolvição é portanto «definitiva».

LEIA TAMBÉM: Luciana ABSOLVIDA no processo que o pai colocou

«Atentos os factos provados e não provados, verifica-se que a arguida [Luciana Abreu] não praticou o crime de difamação agravada de que vinha acusada», pode ler-se no Acórdão  do Tribunal da Relação de Lisboa. 

Luís Costa Real processou a atriz por difamação depois de declarações proferidas na Assembleia da República. Nessas declarações, Luciana assumiu que ela, a mãe e a irmã foram vítimas de maus tratos por parte do empresário. 

PUB
Top