Luís recua 20 anos e recorda morte de pessoa especial: «Foi um tempo muito difícil»

O concorrente de Casados à Primeira Vista recordou, em conversa com a mulher, como a morte de um amigo, há cerca de duas décadas, influenciou a sua forma de lidar com as emoções.

20 Dez 2019 | 20:55
-A +A

Foi um dia de memórias difíceis para Luís em Casados à Primeira Vista. Uma conversa com a mulher, Marta, sobre a forma como cada um dos membros do casal lida com as emoções levou a que o australiano confessasse que a morte de um amigo o marcou para sempre. Na emissão desta sexta-feira, 20 de dezembro, da experiência social da SIC, o marido da jornalista recordou essa época como «muito difícil».

«Acredito que temos de aceitar como naturais as emoções negativas. Quando fingimos que elas não existem ou as empurramos lá para baixo para um buraco fundo, elas acabam por nos consumir», aconselhou Marta. «O Luís quer tanto ser positivo que não lida com as coisas más que lhe acontecem. É por isso que ele, às vezes, fica mais irritadiço com pequenas coisas do dia a dia», explicou, de seguida, para as câmaras.

O fisiologista, de 41 anos, não concorda. «Há uma coisa que aprendi muito cedo, quando tinha uns 20 anos, quando um amigo meu faleceu. Foi um tempo muito difícil. Desde aí que sempre realizei que temos de aceitar o negativo e tentar crescer e ser melhores», justificou.

O especialista Eduardo Torgal vaticinou que, mesmo sendo «muito importante para Luís manter o sentido positivo da vida» e mesmo que este tente «ver sempre o copo meio cheio», o marido de Marta tem «muitas dificuldades em lidar com certas frustrações».

 

VEJA TAMBÉM:
Luís enamorado… mas foi tudo por água abaixo!
Luís e Marta discutem forte e feio! «Fazes tudo para ter crédito»
Marta confronta Luís sobre envolvimento com Tatiana: «Fiz-me de burra»

 

Texto: Ana Filipe Silveira; Fotografias: Divulgação e reprodução SIC

PUB
Top