Luís Fonseca atirou-se do terceiro andar: “Pensei que fosse o super-homem”

Luís Fonseca esteve no Dois às 10 desta sexta-feira a falar com Cristina Ferreira.

14 Jun 2024 | 11:22
-A +A

Luís Fonseca marcou presença no Dois às 10 desta sexta-feira, dia 14 de junho. Em conversa com Cristina Ferreira, o ex-concorrente que desistiu do Big Brother 2024, da TVI, falou da sua vida fora do programa e da experiência dentro da casa mais vigiada do país.

Leia ainda: Catarina Miranda está solteira: “Vamos namorar por telefone?”

“Mandei-me do terceiro andar”

“Houve um dia que pensei que fosse o super-homem, ou então, para mostrar aos meus amigos que era capaz de fazer o que eles não faziam”, começou por recordar Kika, como é carinhosamente tratado, afirmando que com cerca de 12 anos se mandou do terceiro andar. “Este prédio aqui foi o prédio onde eu, em miúdo, me mandei do terceiro andar e descobri que não sabia voar”, disse, entre risos, afirmando que faz o que lhe passa pela cabeça: “Faço o que me passa na cabeça, passa-me na cabeça e eu faço. Se der bem fico contente, se der mal digo ‘Olha, mas já está feito’.”

Porém, o ex-concorrente do Big Brother 2024 esteve dois meses internado no hospital graças a isso. “Cheguei a casa comecei com dores de cabeça e depois daí já não me lembro de muita coisa, comecei com convulsões… Podia ter corrido mal mas ninguém chegou a conclusão nenhuma, depois passado uns tempos doía-me a cabeça de vez em quando, mas está tudo bem”, disse ainda.

Participação no Big Brother

“Foi gratificante quando saí. Quando saí notei isso. As pessoas davam-me os parabéns e eu ficava do género ‘Parabéns do quê? Fui eu normal, porque é que as pessoas me estão a dar os parabéns?'”, começou por afirmar Kika, recordando que apenas a mãe e o irmão mais novo é que apoiaram a entrada no reality show da TVI.

“Havia vezes em que me exaltava. Havia partes à noite que me exaltava, os meus colegas da casa sabiam, ouviam-me. Eu ao princípio ia deixando ia, mas depois pensava ‘Espera aí, isto não passa do mesmo’. E isso foi um dos motivos da minha saída, estavam todos a jogar, ou não, não sei, mas que aquilo não passava já dali. Então eles despejam e dizem tudo, quem se vai passar com isto sou eu”, disse Kika, recordando a sua estadia na casa mais vigiada do país.

Veja também: Catarina Miranda destrói Cláudio Ramos: “É só um apresentador. Não me sinto respeitada”

Texto: Rita Velha
Fotos: Redes sociais
PUB