Madonna critica redes sociais: «As pessoas são escravas da aprovação dos outros»

Madonna utiliza as redes sociais para promover o seu trabalho e alguns momentos pessoais. No entanto, a artista critica «a cultura das redes socais» e como estas controlam a vida das pessoas.

16 Jun 2019 | 10:48
-A +A

O Instagram de Madonna é seguido por mais de 13 milhões de pessoas e são constantes as publicações que a artista faz para promover o seu trabalho. No entanto, a rainha do Pop não tem uma relação muito positiva com as redes sociais e afirma que estas acabam por cultivar a necessidade da comparação.

«Dás por ti a comparar-te com os outros. Acho que o Instagram foi criado para te fazer sentir mal. As pessoas são mesmo escravas de querer a aprovação dos outros», revela ao The Sun.

Aos 60 anos, Madonna considera-se «uma sortuda» por ter construído a sua carreira antes das redes sociais surgirem. «Fui sortuda o suficiente para ter uma vida, enquanto artista, antes dos telemóveis, Instagram e redes sociais. Tive tempo para me desenvolver como artista e pessoa sem sentir a pressão do julgamento de outras pessoas ou de me comparar com outros», afirma.

A artista, que lançou esta sexta-feira, 14 de junho, o seu novo disco, Madame X, acrescenta ainda que a cultura das redes socais «controla a vida das pessoas».

 

Madonna celebra novo álbum com bebida bem portuguesa

Madame X, o álbum que, segundo Madonna, foi inspirado em Lisboa e em Portugal, pode ser ouvido nas principais plataformas de streaming desde sexta-feira, 14 de junho. De forma a celebrar o lançamento do novo projeto, a cantora norte-americana partilhou nas redes sociais um momento que é no mínimo festivo.

A artista publicou um vídeo no qual surge a preparar uma bebida típica portuguesa, a Amarguinha. No vídeo é possível ver a cantora visivelmente entusiasmada com o momento de descontração ao preparar a bebida.

Leia também:
Já saiu! Ouça aqui Madonna a cantar Faz Gostoso com Anitta
Madonna ESGOTA COLISEU em TRINTA minutos!

 

Texto: Redação WIN – Conteúdos Digitais| Fotos: Reuters e Reprodução Instagram

 

 

 

 

PUB
Top