Mãe de Diogo do BB oferece apoio a Ana Catharina: «A nossa casa está disponível»

Lourdes Reffóios Cunha, mãe de Diogo, está solidária com Ana Catharina e já se ofereceu para ajudar o casal no que for necessário.

28 Jul 2020 | 17:50
-A +A

Ana Catharina está a ultrapassar uma fase especialmente difícil devido à morte do pai. A família tinha decidido não contar para evitar uma possível desistência do programa mas a Endemol, em conjunto com a TVI, acionaram de imediato o protocolo previsto para estas situações. A jovem brasileira assinou um documento em que pediu para ser avisada caso houvesse um falecimento de um familiar e, por isso, a informação acabou por ser lhe transmitida.

A concorrente do BB 2020 soube da morte do progenitor este sábado (25) mas este morreu há duas semanas.

Perante a notícia foram muitos aqueles que se mostraram solidários com Ana Catharina, inclusive Lourdes Reffóios Cunha, mãe de Diogo. Através de um comentário a um utilizador do Facebook, confirmou que está disponível a ajudar a jovem.

«É a nossa maneira de estar na vida. O amor que sinto que eles sentem um pelo outro levar-nos a tomar a única atitude que pensamos que temos que tomar. Quando saírem do programa a nossa casa está disponível para dar algum conforto e apoio à Ana, assim ela queira», lê-se.

 

«O bem estar dos nossos concorrentes é a nossa prioridade»

O pai de Ana Catharina morreu no Brasil, vítima de um acidente de viação. A trágica notícia foi dada à concorrente ao final da tarde de sábado (25) no confessionário, enquanto os colegas se divertiam ao som de Blaya, que esteve na casa da Ericeira para os animar.

A instrutora de ioga teve uma consulta com a psicóloga e a produção disponibilizou um enfermeiro «para o caso de a Ana Catharina precisar de apoio médico». «O bem estar dos nossos concorrentes é a nossa prioridade, assim como a verdade que temos para com eles. O importante agora é ajudar a Ana Catharina a ultrapassar o duro golpe que a vida lhe deu», disse Cláudio Ramos durante a gala do BB do passado domingo, dia 26.

A  jovem foi convencida pela avó e pela mãe a permanecer em jogo. A decisão foi confirmada à nossa revista por fonte oficial da TVI.

Texto: Márcia Alves; Fotos: Reprodução Instagram

 

Leia ainda:
Ana Catharina sofreu depressão: «Os baixos eram sem conseguir sair da cama»
Ana Catharina teve apoio psicológico quando soube da morte do pai

PUB
Top