Mãe do filho de Rui Rodrigues reage a acusações do ex: «Quero que pare com as mentiras»

Tetyana Koval, mãe do filho de Rui Rodrigues, conta, em exclusivo à TV7 Dias, como tem sido a relação com o pai de Enzo e reage às acusações que têm sido feitas pelo mesmo nas redes sociais.

25 Set 2020 | 10:50
-A +A

Rui Rodrigues tem usado as redes sociais para expressar o seu descontentamento no que toca à relação que mantém com o filho. O ex-concorrente fez um desabafo onde referia não ter informações do filho devido à relação conturbada que mantém com a ex-namorada e mãe do bebé, Tetyana Koval.

«Pessoas que utilizam filhos para chantagens emocionais e para magoar outras pessoas, são pessoas sem escrúpulos. Infelizmente estou privado (eu e a minha família) de saber como está o meu filho, só o podendo ver de 15 em 15 dias e apenas aos fins de semana.

Por vezes é me impossível fazer viagens de Porto-Algarve e gastar 300/400 euros em gastos para o ver, mesmo sendo só pra estar com ele meia dúzia de horas, sendo privado da minha privacidade e da minha vontade de estar exclusivamente com o meu filho.

Nunca falhei nem faltarei às minhas responsabilidades, aliás, até porque maioria, para não dizer praticamente tudo o que o meu filho tem, foi do meu bolso que saiu. Poderia dizer muita coisa pelo que estou a passar, mas não vou expor muito mais o assunto. Isto para dizer que nem todo o homem é filho da p*** e que, muitas vezes, são as mulheres que afastam os pais dos filhos, fazendo com que se cortem laços essenciais para o crescimento saudável de uma criança e de um ser humano.

As pessoas têm que saber respeitar a vida de ambas as partes, porque no meio disto tudo quem sofre mais é a criança. Como pai sinto-me privado do papel que tento exercer e não faltar com nada ao meu bebé. Deus é grande e nele confiarei», escreveu Rui na sua página de Instagram.

 

«Eu sempre fiz questão que o Rui tivesse mais contacto com o filho»

Perante tal publicação, Tetyana Koval reagiu às acusações que diz sentir e, em exclusivo à TV7 Dias, explicou o que tem acontecido nos últimos meses, depois do nascimento de Enzo.

A jovem, que reside no Algarve, começou por dizer que a relação que mantinha com Rui «começou a dar para o torto» depois de descobrir que estava grávida, acreditando que Rui nunca quis que esta levasse a gravidez adiante. «Ele engravidou outras mulheres a quem pediu para fazer abortos. Ele queria que o meu Enzo fosse o quarto aborto», atira.

Contudo, a gravidez prosseguiu mas a relação amorosa entre os dois terminou depois de comportamentos agressivos de ambas as partes.

Conheça todos os pormenores da história e veja as fotos das alegadas agressões na revista TV7 Dias, já nas bancas!

 

Tetyana regressou ao Algarve e contou com a presença de Rui no nascimento do bebé e duas semanas depois de Enzo nascer, apesar de considerar que o pai do filho estava “desligado” do bebé.

«Assim que o Enzo nasceu toda a minha vida mudou. Mas eu não sentia o mesmo sentimento da parte do Rui. Até mesmo para mudar a fralda, estava a ver se o Rui ganhava mais carinho por ele. O Rui sempre fez stories a mostrar que era um pai carinhoso, quando na verdade não era isso. No início acho que o Rui não sabia mesmo nada, mas ele é uma pessoa que não mostra o que sente na realidade, por isso não posso dizer que ele não gosta do filho», afirma.

A ex-namorada de Rui refere que apenas quer que o filho tenha um pai presente e que nunca impediu Rui de ver Enzo, pelo contrário. «Eu sempre fiz questão que o Rui tivesse mais contacto com o filho, quando ele agora está a dizer que não», esclarece.

 

«As prioridades dele sempre foram os amigos e as mulheres»

A jovem conta que foi Rui quem quis estipular em tribunal os dias em que estaria com o filho. «Isso para mim foi sempre ofensivo. Os direitos mínimos eu sempre disse que ele os tinha e, que se me respeitasse como mulher, – porque ele me mandava mensagens ofensivas mesmo quando já estavamos separados -, ia ter muito mais dos que os direitos mínimos», revela, dizendo que é verdade que de 15 em 15 dias Rui cumpria o que ficou acordado e, mensalmente, paga «os 150 euros de pensão de alimentos».

Contudo, para Tetyana, algo mudou a partir do momento em que Rui assumiu uma nova namorada e, segundo a jovem, deixou o filho para segundo plano. «O Rui estava com o filho de 15 em 15 dias, ao fim de semana, mas agora arranjou namorada e nem isso faz. Só vem uma vez por mês. As prioridades dele sempre foram os amigos e as mulheres», remata.

A jovem diz não ter intenção de prejudicar o ex-namorado, apenas defender-se das acusações de que tem sido alvo nas redes sociais por parte de seguidores de Rui, e que só quer que a sua verdade seja conhecida, para que parem de a criticar. «Não o deixar estar com o filho é completamente mentira. A única coisa que quero é que ele pare com as mentiras. Disse que era ele que comprava tudo porque estava desempregada e é mentira porque é a minha família que me ajuda. Nunca quis ser falada. Eu tenho um filho para criar e não quero que o meu filho cresça no meio disto. Se eu o quisesse prejudicar já tinha feito anteriormente», realça.

 

«Na última discussão, em agosto deste ano, encostou-me a cabeça»

Quanto ao facto do tatuador referir que está impossibilitado de ter notícias do filho, Tetyana explica que foram as recorrentes atitudes agressivas de Rui que a levaram a mudar a postura que até então tinha, ao enviar fotografias e fazendo videochamadas com o filho de ambos.

«Não sinto que possa deixar o meu filho com ele à vontade. Até aos 2 anos de certeza que não vou deixar. Na última discussão, em agosto deste ano, encostou-me a cabeça e eu peguei no meu filho. Queria-me ir embora e ele não estava a deixar, empurrava-me para o sofá. E foi quando eu disse que ele só ia ter os direitos de tribunal. Disse-lhe que as próximas visitas já não seriam no hotel em que estava hospedado com a família, que só seriam em sítios públicos. Desde aquela altura nunca mais fiz videochamadas. Mandou-me mensagens a perguntar se o filho estava bem e a umas mensagens respondi a outras não. Disse-lhe que se o meu filho estiver mal lhe digo algo. Eu não quero nada com ele, só quero que seja um bom pai», explica.

 

«[A Tetyana] chantageia com tudo o que pode só para me magoar»

Confrontado com as afirmações da ex-namorada, Rui Rodrigues contou-nos uma versão diferente da história, referindo que os «ciúmes» da atual namorada têm motivado as «chantagens emocionais» que Tetyana lhe faz.

«Eu na publicação refiro que ela não me dá notícias do meu filho, nem me deixa ver noutros dias, quando poderia deixar. Nem a mim, nem à minha família. Ela antes dizia se estava bem ou não, entre outras coisas, mas, como não cedo à chantagem dela e não volto para ela, deixou de me responder», começa por dizer.

«Eu para saber como está o meu filho tenho que viajar do Porto para o Algarve. Como sou de longe é normal ter estipulado os 15 em 15 dias, pelo menos para ter o direito de o ver. Uma coisa que antes ela só me deixava ver quando ela queria. Nem à minha família ela responde. Tudo para me prejudicar», afirma Rui.

Sobre este último episódio do mês de agosto, Rui refere como «mentiras» as acusações que a ex-namorada lhe fez e explica o que diz ter acontecido:

«As mentiras dela para mim não me dizem nada. A minha família estava lá e viu tudo. Viu-a a arrancar o meu filho dos braços da minha mãe, só porque eu pedi para apagar fotos que ela meteu no Instagram a dar a entender que estávamos juntos. Fez isso para picar e provocar a minha namorada. E ela própria admitiu isso. Ela chantageia com tudo o que pode só para me magoar. Só porque não cedo ao que ela quer.»

O tatuador confirma que o acordo em tribunal foi pedido por ele, «porque estava a ter problemas com a Tetyana», e que tem «feito os máximos esforços para conseguir» viajar até ao Algarve de 15 em 15 dias, para estar com o filho.

 

«Ela engravidou para me prender porque nós já não estávamos bem»

Quanto ao facto de Tetyana referir que não é verdade que Rui sempre pagou tudo e que tem apenas contado com a ajuda da família dela, o ex-concorrente de Love On Top refuta. «Desde o início paguei a pensão de alimentos e comprei o carrinho trio. O berço, roupas, a minha família pagou cadeira para ele se sentar e várias coisas. A Tetyana nunca gastou um cêntimo porque também não trabalha e não tem dinheiro. Maior parte sim, fui eu», esclarece.

Por último, e sobre as afirmações de Tetyana de que Rui desejava que esta abortasse, Rui refere: «Ela engravidou para me prender porque nós já não estávamos bem. Toda a gente sabe disso. E quando eu terminava a relação ela fazia, constantemente, chantagem emocional comigo, dizendo que eu nunca iria conhecer o meu filho e que iria fugir para Ucrânia.»

Texto: Marisa Simões; Fotos: DR e Reprodução Instagram

 

Leia ainda:
Rui Rodrigues faz desabafo sobre o «caminho com muitos obstáculos» que o leva ao filho
Rui Rodrigues tatua rosto do filho Enzo na perna! Veja a imagem

PUB
Top