Manuel Maria Carrilho esclarece o que aconteceu em casa de Bárbara Guimarães!

A presença de Manuel Maria Carrilho em casa de Bárbara Guimarães abalou a apresentadora e a polícia acabou por ser chamada ao local.

06 Dez 2018 | 10:37
-A +A

A história que opõe Manuel Maria Carrilho e Bárbara Guimarães continua a dar que falar. Desta vez, o antigo Ministro da Cultura foi visto à porta de casa da apresentadora da SIC, alegadamente para ir buscar o filho, Dinis, de 14 anos. Facto que Bárbara parecia desconhecer uma vez que a situação a terá deixado abalada, ao ponto de a polícia ter sido chamada ao local.

Segundo uma fonte próxima da apresentadora, apesar de não estar sozinha em casa, Bárbara viveu verdadeiros momentos de tensão ao aperceber-se da presença do ex-marido, ficando «emocionalmente muito abalada com esta situação toda», lê-se na publicação.

A TV7 Dias entrou em contato com o ex-ministro da Cultura que deu a sua versão dos factos.

«Não aconteceu absolutamente nada. Estive lá como estou muitas vezes. A sentença determina que não me posso aproximar da casa a não ser nos cumprimentos dos deveres paternais. Foi o que aconteceu», assegura Manuel Maria Carrilho, confessando que depois do incidente já voltou à casa para ir buscar a filha Carlota, de 8 anos.

Leia mais: Manuel Maria Carrilho RECUSA-SE a falar sobre o cancro de Bárbara Guimarães

«Não só tenho o direito como o dever. Estava à espera do meu filho. A polícia chegou lá e viu que tinha a mochila e o telemóvel dele na mão», revela, sublinhando que não foi apresentada nenhuma queixa.

Sobre o sobressalto causado em Bárbara Guimarães, Manuel Carrilho afirma: «A senhora entrou em parafuso não sei por quê», afirma e acrescenta: «foi devido aos tratamentos, sei lá».

A apresentadora encontra-se na qualidade de vítima de violência doméstica e Manuel Carrilho está a cumprir o Programa para Agressores de Violência Doméstica.

Texto: Sílvia Abreu / Fotos: Impala e Redes Sociais

PUB
Top