Covid-19: Manuel Melo «em pânico e constante preocupação» com avó

O repórter do programa Somos Portugal, suspenso por tempo indeterminado por causa da Covid-19, revela o dia em que lhe «caiu a ficha» e percebeu a dimensão desta pandemia.

18 Mar 2020 | 22:20
-A +A

A pandemia da Covid-19 tem deixado muitos famosos em alerta e Manuel Melo é um deles. Em declarações à Nova Gente, o repórter da TVI confessa que pertencia ao grupo de portugueses que desvalorizava o surto e que, de um dia para o outro, lhe «caiu a ficha».

«Eu era daqueles que estava convencido de que era um exagero… Pensava que era só mais uma gripe. Mas, naquela quarta-feira em que as praias se encheram [11 de março], eu estava em gravações do Somos Portugal e já estava a trabalhar contrariado, porque aí me caiu a ficha. Antes disso não tinha a noção da gravidade do problema», recorda Manuel Melo, que se sente «muito assustado» desde então.

«Fiquei com medo pela minha família. Confesso que fiquei mesmo assustado, principalmente pelo bebé. Nesse dia, pararam com as gravações do programa e, desde então, nunca mais saímos de casa. Só para ir às compras, mas de forma contida, nada de grandes maluqueiras, como tenho visto. Felizmente, tenho uma mercearia aqui à porta, uma maravilha», conta o também ator, que tem passado os dias em isolamento com a companheira, Sofia Fernandes, e o filho, Martim, de um ano.

A avó Mariana, de 94 anos, é a grande preocupação de Manuel Melo.

 

Leia tudo aqui.

 

VEJA TAMBÉM:
Manuel Melo tem novo single dedicado ao filho
Covid-19: Marta Carvalho e Elisa reagem ao cancelamento da Eurovisão
Covid-19: Família desespera por resultado do teste de Jorge Jesus

 

Texto: Filipa Rosa; Fotografias: Arquivo Impala e reprodução redes sociais

PUB