Marcelo conta tudo: Jorge Sampaio encontra-se “sedado e em processo de estabilização”

Jorge Sampaio está internado no Hospital de Santa Cruz devido a dificuldades respiratórias. Segundo Marcelo Rebelo de Sousa, o antigo chefe de Estado está “sedado e em processo de estabilização”.

27 Ago 2021 | 19:22
-A +A

Jorge Sampaio “está sedado, num processo de estabilização em termos respiratórios”. As palavras são de Marcelo Rebelo de Sousa, em reação ao internamento do antigo chefe de Estado, dando conta de que a mensagem lhe fora transmitida pelo médico da Presidência da República.

“A pouco a pouco, iriam ver se retiravam a sedação e qual seria a reação”, indicou ainda o atual Presidente da República, que esteve com Jorge Sampaio “há 20 dias, num jantar de amigos”. Na altura, sentiu-o “cansado e prostrado”. “O que desejamos hoje é que estes cuidados médicos proporcionados pelo SNS tenham êxito e ele possa recuperar daquilo que não é a primeira crise que tem tido, mas é uma crise que preocupa sempre os portugueses”, disse ainda.

As declarações de Marcelo Rebelo de Sousa foram feitas, esta sexta-feira, 27 de agosto, à margem de uma visita do chefe de Estado à Feira do Livro do Porto e minutos depois de ter sido noticiado o internamento de Jorge Sampaio. O antigo Presidente da República encontrava-se de férias no Algarve, tendo sido transportado de helicóptero para Lisboa.

Jorge Sampaio encontra-se “sob forte vigilância médica” no Hospital de Santa Cruz, onde costuma ser acompanhado, avança a revista Sábado. O internamento deveu-se a dificuldades respiratórias.

O antigo chefe de Estado, papel que assumiu entre 1996 e 2006, tem 81 anos.

 

Jorge Sampaio surge de bengala e visivelmente debilitado

 

Em janeiro passado, Jorge Sampaio foi apanhado pela TVI, na Escola Básica Marquesa de Alorna, na freguesia das Avenidas Novas, Lisboa, a votar nas eleições que culminaram com a reeleição de Marcelo Rebelo de Sousa como Presidente da República.

A mulher, Maria José Ritta, acompanhou-o. De bengala e com o auxílio de uma pessoa, Jorge Sampaio surgiu debilitado. Sem prestar declarações aos jornalistas presentes no local, aguardou a sua vez numa cadeira.

De lembrar que, em 1996, o antigo Presidente da República foi submetido a uma cirurgia cardíaca, no Hospital de Santa Cruz, para corrigir uma malformação congénita. Acabou por ir parar novamente à sala de operações em 1999 e em 2017.

No ano passado, Jorge Sampaio não compareceu na sessão solene que assinalou o 46.º aniversário do 25 de Abril, na Assembleia da República. O seu gabinete explicou que a sua ausência se devia a razões de saúde.

 

Veja as imagens aqui.

 

Texto: Dúlio Silva e Ana Filipe Silveira; Fotos: Arquivo Impala

PUB
Top