Marco Horácio sobre a mudança para a TVI: «Mudo de casa mas não mudo de personalidade»

Marco Horácio revela, em exclusivo à TV 7 Dias, que ‘namoro’ com a TVI começou em fevereiro. O humorista trocou a SIC pela estação de Queluz de Baixo em pleno estado de emergência nacional.

12 Abr 2020 | 22:15
-A +A

A Vida Lá Fora é a nova aposta do canal de Queluz de Baixo e estreou a 5 de abril, em horário nobre. Num formato de 50 minutos, o programa conta com a participação de seis comediantes. Para além de Marco Horácio, que mudou recentemente da SIC para a TVI e é o cérebro deste projeto, teremos António Raminhos, Nilton, António Machado, João Seabra e Guilherme Duarte que prometem animar os serões dos portugueses durante o período de quarentena.

«Esta ideia surgiu um bocadinho desta inoperância que os artistas têm de momento, de repente por causa deste vírus estamos confinados em casa e e aquilo que nós, humoristas, podemos dar às pessoas é um bocadinho de alegria e aliviar esta carga de ansiedade que existe», começou por explicar Marco Horácio, em exclusivo, à TV 7 Dias.

«Fui buscar o Nilton, é um homem que está sempre em cima da atualidade, com um humor muito próprio e específico, depois fui buscar o Raminhos que vai falar mais da vida familiar, tem filhos e as pessoas vão se rever nesta situação, o Guilherme Duarte que é um bocadinho fora da caixa mas tem um humor muito irónico e crítico, ainda, o João Seabra com o macaco Sidónio que é para o público mais pequeno. O papel dele é explicar, isto é, o macaco tem sempre dúvidas, é a parte mais institucional. Por fim, o António Machado vai fazer imitações e terá o papel de Presidente Marcelo Rebelo de Sousa, que vai contar como foi a semana dele. Cada um tem dois papéis em cada programa. Eu faço a digressão de uma espécie de programa de opinião, sou o pivot e vou passando a bola para os meus comentadores, cada um tem uma área específica.»

E foi esta a razão que levou Marco Horácio a sair da casa onde esteve 23 anos para abraçar um desafio na TVI, um namoro que começou em fevereiro: «Na altura disse ao Nuno Santos ‘olha estou na SIC no Levanta te e Ri, não dá. Depois deste telefonema falei com o Daniel Oliveira e disse-lhe ‘a TVI abordou-me desta maneira’ e ele ‘ah tá bem mas eu quero que fiques cá’. Aqui há duas semanas atrás o Nuno Santos ligou-me outra vez a dizer que queriam um programa de humor e queriam que eu os ajudasse nisso. Ele perguntou-me se eu tinha alguma ideia, contei-lhe, e passado cinco minutos o Nuno ligou-me de novo e disse ‘Marco acho a tua ideia muito interessante, faz como tu quiseres, com quem tu quiseres, confio completamente em ti.’»

Marco Horácio tem «acordo de palavra» com a TVI

A confiança depositada fez com que o humorista não conseguisse recusar a proposta. «Eu mudo de casa, mas não mudo de personalidade. Não podia ficar em casa de braços cruzados sem fazer nada nesta altura. Digo isto com muito orgulho, ao ter uma estação que me diz que toda a produção criativa é minha. Isto é muito bom ouvir. É um sinal que as pessoas confiam na minha visão, no meu trabalho e percebam a sensibilidade que eu tenho para este tema que estamos a viver», confessou Marco. «A ideia que eu tenho com o Nuno e com o Hugo Andrade é um acordo de palavra», completou.

 

Texto: Carolina Sousa (carolina.sousa@impala.pt); Fotos: Arquivo Impala e Reprodução Instagram

 

(texto originalmente publicado na TV 7 Dias 1725)

 

Veja mais:
TVI ‘roubou’ Marco Horácio à SIC em apenas duas semanas! Saiba como tudo aconteceu
Marco Horácio chega domingo à TVI! E não está sozinho

 

Pontos de Venda das Nossas Revistas

 

PUB
Top