Marco Paulo feliz por «entrar» em Terra Brava: «Achei muita graça»

Cantor Marco Paulo reage à TV 7 Dias à homenagem feita na novela da SIC Terra Brava. «Não sei se vou entrar nalguma parte a cantar», refere.

16 Nov 2019 | 20:50
-A +A

Marco Paulo é homenageado na novela Terra Brava. A TV 7 Dias falou com o popular cantor que já sabia que ia ser retratado na história e que acha isso muito engraçado. «Eu soube que ia ‘entrar’ na novela em primeiro lugar pelo pedido de autorização do uso de uma fotografia minha, um poster meus dos anos 80 e depois soube também pela minha editora do interesse dos autores da novela, o gosto e a vontade de terem os episódios alusivos à minha pessoa», começa por dizer, fazendo alusão a uma situação caricata que lhe aconteceu durante os Globos de Ouro.

«Depois encontrei-me com o ator Diogo Amaral, que fez de padre do Golpe de Sorte, e ele é que me disse: ‘Óh Marco Paulo sabe que eu vou ser o Marco Paulo na novela?’ e eu digo assim: ‘Por acaso eu sei, sei por alto’ e achei muita graça», relata aquele que diz que não foi contactado por ninguém da SIC

«Eu ainda não falei com ninguém da novela para saber mais pormenores… Não sei se vou entrar nalguma parte a cantar, já que a Noémia é minha fã e pôs o meu nome ao filho… não sei o desenrolar dos episódios da novela, para além de que apareço numa fotografia cheio de caracóis, acho que está na mesa de cabeceira», diz, enquanto ri, de satisfação.

«Não sou consumista de novelas, mas vejo»

A TV 7 Dias contou a Marco Paulo que ele aparece num calendário, datado de 1989, que está na cozinha da casa da Prazeres e que é habitual ela falar para a figura do Marco Paulo que aparece no poster e fazer-lhe festas. O cantor reage com gargalhadas e diz: «Fico muito feliz.»
Já em Golpe de Sorte, a série em exibição neste mesmo canal, vários são os cantores que foram convidados a entrar neste projeto e o intérprete de Eu Tenho Dois Amores não foi exceção:

«Eu tive uma participação em Golpe de Sorte, fui lá cantar no casamento do filho da Maria do Céu e fui muito bem recebido. Alguns atores vieram dizer-me que foi um momento muito especial. Já tenho tido várias pequenas participações, esta não foi a primeira vez. São participações muito curtas, mas muito agradáveis, eu gosto dos bastidores das novelas, de conviver com os atores. Não sou consumista de novelas, mas vejo», frisa aquele que mais convites tivesse, mais vezes daria o ar da sua graça na televisão.

«Sempre que me convidam para participar fico contente. Eu não sou ator de novelas, sou cantor e quando me convidam para participar embora muito fugazmente, eu acho graça, e acho que é uma maneira de se lembrarem de mim, do público em casa me ver diferente», sublinha aquele que ainda hoje, passados os tempos áureos da sua fama, continua a ‘colecionar’ fãs…

«Tenho os concertos, as rádios, os programas de televisão, também é uma maneira das pessoas matarem saudades minhas como cantor. Na novela as pessoas matam saudades da minha presença. Fico muito grato e muito agradecido por colarem uma música minha, como no caso da anterior novela, o Amor Maior, em que tinha uma canção minha que fazia grande sucesso que era O Que É Que Fazes Esta noite?», frisa o galã dos anos 80 que assume que gostava de entrar na nova trama da SIC e que, por enquanto, vai assistir ao desenrolar dos episódios: «Vou ver com muita atenção. Eu vou-me rir e achar graça e ficar contente e as minhas fãs também vão ficar agarradas à novela porque estou lá», remata o cantor romântico que continua a dar espetáculos.

«Só não gosto de fazer show-off na rua»

 

«Dia 8 vou ao programa da Cristina, apresentar o meu DVD, alusivo aos meus 50 anos de carreira que festejei no Altice Arena e que foi gravado ao vivo em DVD que sai nesse dia.» Mas as novidades não se ficam por aqui… «Depois vou estar no Porto no Altice Arena, dia 21 março, e vou repetir o mesmo concerto que fiz há 15 dias no Coliseu, e continuo graças a Deus. Estou ótimo, ótimo», diz, sem querer dizer quantos anos tem.

Marco Paulo raramente sai à rua, como nos contou, mas sublinha que ainda é parado na rua pelos fãs: «As pessoas têm muito carinho por mim e quando falam comigo não fazem cerimónia. São os autógrafos e os beijinhos, é normal. Só não gosto de fazer show-off na rua, por isso não me exponho em sítios muito movimentados. Mas nunca tive razão de me afastar das pessoas. Nunca o farei. Posso um dia parar, mas afastar-me das pessoas não. Eu preciso delas e foram elas que me ajudaram a construir a minha carreira.»

Veja também:
Noémia Costa foi vítima de violência doméstica: «a minha filha viu algumas agressões»
Sem dinheiro, Noémia Costa deixou de ser atriz e emigrou para Inglaterra
Marco Paulo SOFRE ACIDENTE de carro

 

Textos: Mafalda Dantas; Fotos: Nuno Moreira, Paula Alveno; Impala e Divulgação SIC;

PUB
Top