Maria Botelho Moniz sobre HIPÓTESE de ESTAR AO LADO de Goucha: «muito orgulhosa»

O nome de Maria Botelho Moniz foi um dos apontados por Manuel Luís Goucha para substituir Cristina Ferreira. Apesar de o convite nunca ter sido feito, a apresentadora não esconde o orgulho.

19 Jan 2019 | 17:02
-A +A

Maria Botelho Moniz foi a convidada deste sábado, dia 19 de janeiro, de Daniel Oliveira no Alta Definição. Depois de relatar a forma como a morte repentina do namorado mudou a sua vida, a apresentadora comentou um tema mais feliz.

Na mudança de Cristina Ferreira da TVI para a SIC, abriu-se uma oportunidade ao lado de Manuel Luís Goucha. Apesar de esse lugar ser agora ocupado por Maria Cerqueira Gomes, era Maria Botelho Moniz quem o rosto da estação de Queluz de Baixo queria ao seu lado.

Questionada por Daniel Oliveira sobre como se sentiu ao saber da notícia, a comentadora do Passadeira Vermelha não esconde o orgulho.

Leia mais: Maria Botelho Moniz levou tampa da TVI várias vezes

«Foi uma surpresa muito boa porque nós quando estamos a fazer televisão sabemos que as outras pessoas nos estão a ver e às vezes esquecemo-nos que essas pessoas podem ser outros profissionais. Fiquei muito surpreendida, muito lisonjeada e fiz questão de lhe agradecer. Acho que é bom sinal. É sinal que as pessoas estão mais atentas do que eu pensava, é sinal que estou a fazer um bom trabalho e as pessoas reparam nisso. Isso deixa-me muito contente», confessa.

 

«A minha alma morreu naquele dia»

Maria Botelho Moniz abriu o coração a Daniel Oliveira e recordou a morte do namorado, ocorrida há cinco anos, em 2014.

«A morte do Salvador é diferente, acho que a minha dor é muito diferente da dor dos amigos dele, dos meus irmãos, dos meus pais, dos pais dele. Esse processo foi mais solitário, eu tinha que resolver o que é que para mim a morte dele significava e o que isso ia mudar em mim e na minha vida, no que tinha projetado», afirma.

Recorde: Maria Botelho Moniz chora morte do pai

 

Questionada sobre como foi viver com a morte de Salvador, e posteriormente do pai, Maria revela que tenta mantê-los vivos através das memórias que tem de ambos, mas que no entanto não é capaz de os ver em vídeos.

Texto: Redação WIN – Conteúdos digitais/ Fotos: Impala e Redes Sociais

PUB
Top