Maria Cavaco Silva recorda PASSADO TRAUMÁTICO!

Maria Cavaco Silva foi a convidada de Fátima Lopes deste sábado, no Conta-me Como És. A ex-primeira dama recordou a infância solitária e falou sobre o «eterno namorado».

17 Nov 2018 | 16:26
-A +A

Maria Cavaco Silva, de 80 anos, foi a convidada deste sábado, dia 17 de novembro, no programa Conta-me como és, da TVI. Numa entrevista intimista, a antiga primeira-dama falou sobre a infância e a exposição mediática na idade adulta.

A mulher de Aníbal Cavaco Silva recordou as memórias traumáticas que originam a mulher que é hoje. Com um início de vida marcante, a ex-primeira-dama referiu que foi um acaso ter nascido e , por isso, refere que a vida é um «dom». Quando estava para nascer, a mãe, Adelina de Jesus Pincho estava doente e o pai,  Francisco dos Santos da Silva foi obrigado a escolher entre a vida da filha ou da mulher.

«A minha mãe estava doente. E ele [o pai] foi-lhe dito para escolher entre a mãe e a filha», começou por contar a Fátima Lopes, revelando que o pai acabou por escolher a progenitora. No entanto, as coisas saíram ao contrário. «Eu era uma bebé inviável».

Leia mais: Maria Cavaco Silva exige investigação à Raríssimas

Até ao dia em que começou a ler a infância foi muito solitária. «Estava muito sozinha. Vivia só com adultos. Sentia-me uma menina sozinha… até que aprendi a ler», disse. Um gosto que deu origem ao sonho de ser professora de literatura.

Maria Cavaco Silva saiu de Belém há mais de dois anos e meio, deixando para trás uma vida pública de quase 40 anos. Lutadora e dedicada, a mulher do ex-presidente confessou ser uma mulher de causas apesar de, em criança, ninguém achar que viria a ser alguém na vida: «ninguém dava nada por mim e olhe o que saiu», começou por dizer, realçando que quer aprender até ao fim da vida: «Eu quero aprender até ao fim a importância da diferença», acrescentou.

Como Primeira-Dama revolucionou os pensamentos sobre os desafios que as famílias e os jovens enfrentam no mundo atual.

«Tinha memorias muito traumáticas. A maneira como as pessoas travavam os deficientes. As pessoas tinham vergonha, pensavam que era uma espécie de castigo e acho que consegui [mudar as mentalidades]», referiu.

Veja ainda: Marcelo e Cavaco Silva ZANGADOS? Herman José revela TODA A VERDADE!

«Eterno namorado»

Apesar de socialmente reservado, Aníbal Cavaco Silva também consegue ser um homem romântico. Maria Cavaco Silva confessou que o marido é o seu «eterno namorado» e ainda hoje recebe declarações de amor. «A última fiquei completamente admirada. Foi uma declaração de com números. Originalíssimo», disse.

«Sou uma mulher amada e muito bem amada», frisou Maria Cavaco Silva, acrescentando que, em 55 anos de casada com o marido, continua a ser «o amor de uma vida». «Eu não estou interessada em ser a primeira dama, segunda ou terceira, o que me interessa é ser a única», rematou.

Texto: Redação WIN – Conteúdos Digitais; Fotos: Arquivo Impala

 

PUB
Top