Maria Rueff recorda enfarte: «Senti que estava debaixo do pneu de um autocarro»

A atriz esteve entre a vida e a morte em novembro, e agora explica que este problema de saúde poderá ter origem genética e ser resultado de um estilo de vida pouco saudável.

09 Jan 2020 | 18:20
-A +A

Maria Rueff voltou a falar sobre o enfarte do miocárdio que sofreu no passado mês de novembro. Em entrevista ao programa Às Três da Manhã, da Rádio Renascença, a atriz recordou o episódio e contou pormenores do susto que viveu: «Senti que estava debaixo de um pneu de autocarro».

Rueff, de 47 anos, começou por pedir desculpa a quem se assustou com a notícia. «Eu própria me assustei», disse, explicando depois que o seu problema de saúde poderá ter origem genética: «Assumo-me muito fumadora, mas tenho uma forte influência genética. Perdi um irmão com o mesmo caso há cerca de dez anos».

Ainda assim, a atriz confessa também ter um estilo de vida pouco saudável: «A fama parece muito cor de rosa, então para nós, comediantes… Mas são vidas de profundo stress, sem horários, pouco descanso, alimentações frágeis… Implica uma força anímica e um desgaste quase de atleta de alta competição».

Na mesma entrevista, Maria Rueff lembrou o momento em que o coração a traiu: «Eu não tive aquela sensação de ‘ah, cá está! Estou a ter um ataque de coração’. Eu senti que estava debaixo de um pneu de autocarro. Sentes falta de circulação e depois senti o maxilar com formigueiro. Pensei sinceramente que estava a ter um AVC e que poderia ficar sem poder trabalhar».

«Não se tem a real noção do ‘estou a ir, estou a morrer’… É mais um ‘tira-me isto daqui! ajudem-me!’, disse ainda.

Mudança de hábitos obrigatória

Dias depois de ter alta hospitalar, Maria Rueff escreveu um longo texto nas redes sociais, onde revelou que foi a filha, Laura, de 15 anos, que a salvou. Foi a jovem que chamou o INEM e que acompanhou a mãe ao hospital, e agora a atriz explica que a expôs quase como «uma honra pública».

«Há uma miúda que se aguenta à bronca. Devo-vos dizer que é um espetáculo muito feio de assistir. Ela fez tudo o que disse, sempre a olhar-me com muita ternura. Resolveu tudo, muito serena. A minha vontade de a expor foi nesse sentido», afirmou.

E volta a agradecer a todos os profissionais de saúde que a acompanharam e a quem deve a vida: «Não houve ninguém que falhasse. São de uma humanidade… E não tem a ver com o facto de eu ser figura pública. Eu vi a mesma atenção, qualidade e carinho com todas as pessoas».

Em jeito de conclusão, a atriz conta ainda que passou a ter mais cuidado com a saúde. «Há aqui uma gestão que tenho que fazer entre uma comediante, que tem de ter este “beat” acelerado, e depois, na vida pessoal, não acumular tantas coisas, fazer uma alimentação cuidada. De dia para dia, vou ganhando fôlego, vou ganhando concentração… Porque fica-se confuso depois disto… Estou a refocar. Estou a fazer uma vida mais regrada».

Leia ainda:
Após enfarte, Maria Rueff revela que está «em franca recuperação»
«Mulher de fibra»! João Baião mostra Maria Rueff em cama de hospital
«Deixa de fumar!» A mensagem de Goucha para Maria Rueff após atriz sofrer enfarte

 

Texto: Mafalda Mourão e Patrícia Correia Branco; Fotos: reprodução redes sociais e arquivo Impala

 

PUB
Top