EXCLUSIVO! Marta Melro fala sobre o lado negro dos Morangos: «Tratavam-nos muito mal»

Marta Melro recorda o início da carreira, quando se refugiou em casa por ser alvo de agressões verbais. Dezasseis anos depois de Morangos com Açúcar, está numa experiência imersiva única em teatro.

18 Set 2020 | 8:30
-A +A

Passaram 16 anos desde que Marta Melro se estreou em televisão, com a revoltada Xana da segunda edição de Morangos com Açúcar. Numa grande entrevista à TV 7 Dias, a atriz faz uma viagem ao passado e recorda alguns dos momentos mais marcantes da sua carreira, na qual a passagem pela série da TVI não podia faltar. E desengane-se se pensa que guarda apenas boas recordações deste projeto.

«Tratavam-nos muito mal», revela Marta Melro, referindo-se à abordagem de espectadores da produção infantojuvenil que exigiam dos seus atores atenção máxima. «Em Tróia, tínhamos 300 pessoas à porta do hotel depois de termos estado a trabalhar 14, 15, 16 horas. Tirávamos fotografias com cem e, a dada altura, dizíamos: ‘Desculpem, mas já não aguentamos mais. Precisamos mesmo de descansar’. E as pessoas insultavam-nos!», exemplifica a atriz, hoje com 35 anos.

Na edição desta semana da TV 7 Dias, Marta Melro explica como isto a levou a refugiar-se em casa e porque, anos mais tarde, decidiu participar em Big Brother VIP. A relação com Paulo Vintém, que conheceu precisamente em Morangos com Açúcar, também é abordada na conversa com a nossa revista.

 

Leia tudo na edição desta semana TV 7 Dias, já nas bancas e na Loja das Revistas!

 

TV 7 Dias

 

Marta Melro em «penosa viagem ao país das maravilhas»

 

Em entrevista à TV 7 Dias, Marta Melro fala ainda sobre Alice – O Outro Lado da História, peça de teatro apresentada ao espectador como uma experiência imersiva única. «Vai ser uma penosa viagem ao país das maravilhas», avisa a atriz à nossa revista.

A intérprete define este projeto como «um desafio de todas as formas, até na forma como foi preparado». «A base deste trabalho tem a ver com escuta, que é um termo técnico e não técnico. Acho que é importante enquanto ator e enquanto pessoa saber escutar. O espetáculo é de improviso, portanto, é fundamental escutarmos os espectadores, escutarmos os colegas, escutarmos aquilo que sentimos…», acrescenta.

 

 

Alice – O Outro Lado da História é baseado em factos reais e conta o que está por detrás da origem do livro Alice no País das Maravilhas. É centrada no seu autor, Lewis Carroll, e na «musa inspiradora» que dá nome à obra. Marta Melro é a irmã mais velha de Alice, de quem é «muito diferente», antecipa, levantando a ponta do véu: «O espectador é a Alice a dada altura da história.»

Deste «grupo de pessoas muito especial», além de Marta Melro, fazem parte Bruno Xavier, Catarina Siqueira, João Condeça, Laura Barbosa, Maria Lalande, Paulo Miguel Ferreira, Rafael Medrado, Raquel Rocha e Sandra José. Com texto de Paulo Miguel Ferreira e adaptado e encenado por Miguel Thiré, Alice – O Outro Lado da História vai estar em cena de quinta-feira a sábado, em Lisboa, a partir de 24 de setembro.

 

Texto: Dúlio Silva; Fotografias: Nuno Moreira; Vídeo: Fábio Lopes

PUB
Top