Marta Rangel de “Casados” confessa dificuldades na reta final da gravidez

Marta Rangel, ex-concorrente de “Casados à Primeira Vista”, confessa sentir “falta de ar” nas últimas semanas de gestação. “Tenho bastante falta de ar e perturba-me”, diz.

11 Abr 2021 | 18:00
-A +A

Marta Rangel, de 39 anos, tem mantido todos os que a seguem nas redes sociais a par das etapas da sua gravidez. A ex-concorrente de “Casados à Primeira Vista”, da SIC, está grávida de 36 semanas, de uma menina – Caetana -, e revela agora os pontos mais altos e mais baixos desta última fase da gestação.

“Levo cada pontapé da Caetana que até vejo estrelas; Tenho bastante falta de ar e perturba-me; Passo as noites entre a cama e o sofá para conseguir dormir; Desisti de dormir de lado (porque a Caetana desatava aos pontapés) e passei a dormir de barriga para cima (a Obstetra diz que não há problema, desde que eu esteja confortável); Estou a “fazer o ninho” e não me apetece fazer rigorosamente mais nada; Começo a sentir-me angustiada pela quantidade de coisas que ainda tenho para tratar até ela nascer; Vou ter de refazer a mala de maternidade porque, na última ecografia, soube que ela é maior do que pensava; Continuo a ter bastante apetite e não tenho azia; Tenho muitas cãibras e dores num pé onde tive uma lesão há vários anos que ficou mal curada (supostamente, por causa de uma hormona que contribui para “alargar” os ossos, é comum antigas lesões voltarem a dar chatices); Não voltei a ter contrações, mas mantenho a medicação (por indicação da Obstetra)”, explica.

Recorde-se que Marta Rangel esteve infetada com covid-19, chegando mesmo a ter “sintomas graves, que evoluíram para pneumonia”. Marta esteve internada nos cuidados intensivos no Hospital São Francisco Xavier. A jornalista contraiu o vírus depois de ter descoberto que vai ser mãe pela primeira vez.

Mas Marta Rangel não se fica por aqui. “Descobri que a ‘memória de grávida’ não é um mito como eu imaginava; Já perdi a conta a quantos vídeos gravei da barriga a mexer; Já conheço os horários da Caetana (quando está a dormir, quando está acordada) e o que a faz reagir e mexer-se (ainda) mais; Penso várias vezes antes de comer um doce porque já sei que a pequena vai ficar numa agitação que ninguém a agarra; Encho-me de creme e óleo na barriga porque pareceu-me ver uma estria; Estava que a minha casa fosse maior para poder fazer um quartinho para ela; Tenho saudades da Sunny, que foi para casa da minha irmã porque eu não podia passeá-la por causa dos puxões; Ao contrário do que muita gente me pergunta, não estou ansiosa para conhecer a Caetana nem a desejar que nasça já. Quero conhecê-la no tempo dela. E tenho a sensação que, dentro da minha barriga, posso protegê-la, mas, cá fora, não. Estranho?”, termina.

Várias foram as mensagens deixadas pelos fãs na caixa de comentários. “Está linda”, “Vai correr tudo bem” e “Os últimos dois meses já custam mais” são alguns dos exemplos.

De salientar que o pai do bebé não é figura pública nem tem exposição mediática. “Como tal, por uma questão de privacidade, reservo-me no direito de não revelar a identidade dele”, disse Marta Rangel.

Marta Rangel receava não conseguir engravidar de forma natural

Durante uma entrevista com Júlia Pinheiro, nas tardes da SIC, em janeiro de 2020, Marta Rangel abriu o coração à apresentadora e a Portugal. A ex-concorrente de Casados à Primeira Vista confessou ter medo de não conseguir ser mãe.

O facto de ser bastante focada no trabalho, talvez até em demasia, fez com que os relacionamentos amorosos de Marta ficassem postos de lado. A mesma admite que durante algum tempo pensava que os relacionamentos «não eram para a vida» e que, por isso, não se «importava» muito com o assunto. Quando realmente começou a preocupar-se e a dar atenção aos mesmos, as coisas não correram bem.

Marta Rangel confessou que sempre teve o desejo de ser mãe, «idealmente até aos 30», mas que as coisas não se proporcionaram. A ex-mulher de Luís Santos chegou a afirmar: «Ser mãe é uma vontade que eu tenho… nem que seja sozinha».

O desejo de ser mãe veio aliado a algum medo e sofrimento, já que Marta poderia não conseguido engravidar de forma natural. A concorrente de Casados à Primeira Vista revelou a Júlia Pinheiro que havia feito umas análises, para perceber como estava a sua reserva ovária, que deram resultados bastante baixos para a sua idade. «Não significa que uma gravidez natural seja impossível, mas a probabilidade é muito baixinha», afirmou.

Texto: Joana Dantas Rebelo, Fotos: redes sociais e divulgação SIC

Veja também:
Marta Rangel mostra vídeo arrepiante com tratamento que faz devido às sequelas da covid
Marta Rangel revela que esteve infetada e nos cuidados intensivos devido à covid-19

PUB
Top