Marta Rangel revela que esteve infetada e nos cuidados intensivos devido à covid-19

Marta Rangel esteve infetada com covid-19 e chegou mesmo a ter que ser internada nos cuidados intensivos, por apresentar “sintomas graves, que evoluíram para pneumonia”.

22 Dez 2020 | 10:30
-A +A

Marta Rangel revelou, através de um vídeo que partilhou nas redes sociais esta segunda-feira, 21 de dezembro, que “o pior de 2020” foi ter estado, recentemente, infetada com covid-19. A ex-participante de “Casados à Primeira Vista” chegou a ter “sintomas graves, que evoluíram para pneumonia”, tendo estado internada nos cuidados intensivos no Hospital São Francisco Xavier.

No vídeo, a jornalista explica como contraiu o vírus e alerta para a necessidade de perceber que o “vírus pode afectar qualquer pessoa – mesmo jovem e saudável – e ter consequências graves”.

Leia o testemunho completo:
“O pior de 2020? Estive internada com Covid.

Tenho 39 anos, sempre fui saudável, nunca tive problemas de saúde graves ou qualquer problema pulmonar (nem sequer asma), não pertenço a grupos de risco e sempre tive todos os cuidados: manter a distância social, usar máscara, respeitar a etiqueta respiratória, lavar as mãos com frequência e/ou desinfetar com álcool-gel, limpar as superfícies onde tocamos com regularidade, etc, etc. Mesmo assim, fiquei infetada com Covid-19, presumivelmente, no meu almoço de aniversário com a família mais próxima – apenas 6 pessoas, todas a usar máscara, sem abraços nem beijinhos. Apenas retirámos a máscara à mesa, para almoçar.

A verdade é que tive sintomas graves, que evoluíram para pneumonia, e fui internada no Hospital São Francisco Xavier no dia 27 de novembro. Estive inclusivamente três dias nos cuidados intensivos. Tive alta no dia 5 de dezembro.

Partilho o meu testemunho com duas intenções. Primeira: alertar que a Covid-19 não é uma gripe nem afecta só as pessoas mais velhas, doentes e vulneráveis. Segunda: agradecer e homenagear todos os profissionais de saúde – médicos, enfermeiros, auxiliares – do Hospital São Francisco Xavier que foram extraordinários na forma como cuidaram de mim, me protegeram e acarinharam. Foram mais do que profissionais, foram os meus anjos da guarda. Um obrigada é pouco para agradecer tudo o que fizeram por mim. Merecem mais, muito mais!

Ao longo dos próximos dias e à medida que tiver forças e energia – porque ainda estou em recuperação – vou partilhar mais testemunhos sobre os sintomas e evolução da doença e a experiência com o Serviço Nacional de Saúde, naquilo que correu bem e menos bem.
Obrigada a todos os que se preocuparam comigo! E, por favor, protejam-se!
*
Este vídeo foi gravado no dia 7 de dezembro, 2 dias após ter saído do Hospital. Ainda estava muito cansada, com falta de ar, mas resolvi partilhar este testemunho tal e qual como foi gravado para que todos percebam que este vírus pode afectar qualquer pessoa – mesmo jovem e saudável – e ter consequências graves.”, relatou a ex-participante de “Casados à Primeira Vista”.

 

Gravidez não planeada

Marta Rangel contraiu o vírus depois de ter descoberto que vai ser mãe pela primeira vez. Grávida de 20 semanas, a jornalista confessou, numa publicação que fez nas redes sociais, estar “muito feliz” e falou sobre o pai da criança.

“Vou ser mamã e estou muito feliz. O pai não é figura pública nem tem exposição mediática. Como tal, por uma questão de privacidade, reservo-me no direito de não revelar a identidade dele. Espero que compreendam e respeitem. Obrigada pelo carinho de todos os que continuam desse lado!”, escreveu.

Texto: Marisa Simões; Fotos: DR e Reprodução Instagram
Leia ainda:
Marta Rangel, ex-“Casados à Primeira Vista” está grávida pela primeira vez

PUB
Top