Meghan Markle e o príncipe Harry dizem adeus às redes sociais

O príncipe Harry e Meghan Markle vão deixar em definitivo as redes sociais, devido aos duros ataques que receberam por parte da imprensa.

11 Jan 2021 | 8:50
-A +A

O príncipe Harry e Meghan Markle vão deixar em definitivo as redes sociais. Tal como avançou o jornal The Sunday Times, os duques de Sussex não pretendem recorrer ao Twitter e ao Facebook para promover o trabalho desenvolvido pela sua nova fundação, “Archewell.”

Desde março de 2020, altura em que o casal se despediu dos deveres reais, que a conta Sussex Royal tem estado inativa, uma vez que Meghan e Harry também perderam os títulos de Suas Altezas Reais e foram impedidos de usar o termo “realeza” na sua marca.

Agora, citando fontes próximas dos pais de Archie, a mesma publicação refere que é “muito improvável” que os dois regressem às redes sociais, quer seja a título pessoal, quer como casal, devido aos duros ataques que receberam por parte da imprensa e de alguns britânicos após o “Megxit”.

Ainda segundo o jornal britânico, os duques de Sussex vão divulgar o seu trabalho única e exclusivamente através de vídeos na Internet e de algumas participações especiais que possam fazer na televisão. O site da Archewell vai ser a principal plataforma de divulgação de todas as suas iniciativas.

De recordar que Meghan Markle e o príncipe Harry recuaram enquanto membros seniores da Casa Real britânica há um ano, com o objetivo de se tornarem “financeiramente independentes” da família real e de encontrar alguma privacidade. Desde então, os duques de Sussex e o filho, de um ano, estão a viver nos Estados Unidos, longe dos olhares atentos da imprensa e dos fãs da realeza.

Texto: Mafalda Mourão; Fotos: Reuters

 

Leia ainda:
Meghan Markle revela que sofreu um aborto este ano: “É uma dor insuportável”

 

PUB
Top